Amigas para Sempre

Amigas para Sempre

A cada dia que passa gosto mais e mais de escrever estes textos no Manhã Melhor, do meu amigo e irmão de armas, Weber de Carvalho, pois treinar a redação faz bem a um Jornalista que tem escrito o feijão com arroz diariamente e cuidado do Cerimonial e das Relações Públicas de um Poder Público.

Uma cena levou a uma brincadeira e conseqüentemente a um rosário de lembranças amáveis, agradáveis, cheias de pureza e muita alegria.

Certa noite vi 5 velhas amigas: Lurdinha e Lalá Lippi, Regina, Neusinha e Estela. Ao vê-las lembrei de uma velha frase de Napoleão ao chegar no Egito em frente as Pirâmides. “Senhores, contemplai 2 mil anos de História”. Ao vê-las rapidamente fiz uma paródia. “Queridas, ao observá-las contemplo a minha história”. Obviamente não poderia repetir a frase de Napoleão, pois senão apanharia com certeza.

O mais alegre foi ver minhas amigas de longa data. Quanta lembrança, quanta alegria, final de infância, juventude, as músicas, as histórias, as regras, normas e conceitos dos anos 70, 80, 90 e assim por diante.

Vê-las juntas e cada vez mais amigas e mesmo após 30 anos, ainda super conservadas, pude entender o quanto forte é uma amizade e que valor isso tem.

O texto de hoje eu dedico as minhas amigas de velha data, Lurdinha, Laís, Regina, Estela e Neusinha.