Find the latest bookmaker offers available across all uk gambling sites www.bets.zone Read the reviews and compare sites to quickly discover the perfect account for you.
Home / Blogueando / Blogueando 16/07/2015

Blogueando 16/07/2015

Bloguear 7

 

E a sua coluna Blogueando não tem outro assunto que não seja as Eleições 2016 em Caraguatatuba. Hoje estamos mantendo a chama acesa, o braseiro ardente, quente e com calor constante, pois este assunto não pode morrer e deve ser comentado diariamente nos quatro cantos da cidade.

Solteiros

Com o casamento de Aurimar, sobram, literalmente, como Vereadores solteiros Baduquinha e Tato Aguilar, que já prometeram serem os próximos a figurar na lista dos homens sérios.

Edis

Aliás, falando sobre Vereadores e Vereança, vamos abordar a troca de legendas e as candidaturas para outubro de 2016, tirando as dúvidas necessárias para que todos entendam e saibam o que pode acontecer.

Troca

Vamos lá. Todos aqueles que não estão na função de um cargo eletivo, ou seja, Prefeito e Vereador podem mudar de partido e não correm risco algum de perda de mandato.

Prazo

Aliás os não eleitos tem até o final de setembro para trocar de legenda se assim o desejarem, sob risco de não poderem se candidatar para as eleições de outubro de 2016.

Impedido

Mas se você é Vereador eleito e/ou Prefeito no mandato, não poderá trocar de legenda até o final de setembro, pois com certeza perderá a cadeira tão sonhada e combatida em outubro de 2012. Caso você invente de trocar de partido, a legenda anterior e seus suplentes pedirão o seu mandato, a sua cadeira e você ficará a ver canoas no ano de eleição.

Estratégia

Mas há controvérsias. Analistas de Plantão dizem que se você, Vereador, for expulso, poderá trocar de legenda e no caso de pedirem a sua cadeira ou legenda, o Agente Político pode entrar na justiça e conseguindo uma Liminar, concorre a reeleição sub judice, que até o julgamento do mérito, a eleição já terá ocorrido.

Votação

Ao mesmo tempo os Vereadores que se elegeram por seus próprios votos, ou seja, não dependeram de coligação ou sobras do Quociente Eleitoral podem trocar de legenda até setembro deste ano, levando o mandato para um novo partido.

Resumo

Sendo assim, se o Agente Político conquistou o mandato por Quociente Eleitoral ou Coligação, a cadeira pertence ao partido. No caso do político que elegeu-se por conta de seus próprios votos, pode trocar de partido e levar consigo a cadeira e o mandato conquistado.

Exemplos

Em Caraguá Neto Bota e Aurimar Mansano. Em termos de Brasil, Tiririca e Celso Russomano.

Resultado

Sendo assim caem por terra todas as fofocas e comentários sobre a situação de alguns Vereadores na cidade. Com base nesta situação, Neto Bota poderá realmente trocar o ninho Tucano caso não se sinta bem e não encontre espaço e o mesmo acontece com o Petista Lelau, que permanece na legenda da Estrela Solitária.

Câmbio

Ao mesmo tempo, Gílson Mendes e Sérjão da Sesep tem até setembro para trocar de legenda. O mesmo acontece com Álvaro Alencar, que poderá trocar o PT se quiser até setembro.

Lançamento

E quem vem vindo para as próximas eleições com vontade de trabalhar e vencer é o Tomaz da Mansão, no Capricórnio. No momento o moço está se estruturando e a procura da melhor legenda para capturar os votos de outubro de 2016.

Máquina

Em contrapartida o atual Vice-Prefeito Antonio Carlos da Silva Júnior não poderá se candidatar a Vereador em 2016, pois o seu caso é diferente. Por ter o pai como Prefeito, mesmo não podendo se reeleger, não poderia se candidatar a outro cargo, pois figuraria uso da máquina administrativa.

Majoritário

Corre a boca pequena em grande velocidade a tese de que Aguilar não está mesmo liberado para concorrer ao cargo Majoritário em 2016. Dizem que a sua vitória no Tribunal de Justiça o livrou de um processo, mas que as pendências com o Tribunal de Contas e a Câmara de Caraguá ainda são uma ferida aberta e não cicatrizada, permanecendo assim como candidato Ficha Suja.

Brando

A Rádio Pião informa que a estratégia de dizer que está liberado para concorrer a Prefeitura teria na verdade a intenção de cozinhar em fogo brando a situação, criando um cenário favorável para o lançamento do filho Tato Aguilar como candidato das oposições ou de um sólido grupo de partidos visando conquistar a Prefeitura.

Modismo

Não basta ser chique, não basta ter dinheiro, status, ser Prefeito e Todo Poderoso e ainda por cima lança moda, costumes e modismos???

Cópia

Essa aconteceu no Festival do Camarão. Secretários, autoridades e celebridades reunidos a espera do Prefeito Antonio Carlos para a abertura do Festival do Camarão. Todos bem arrumados e elegantes e o Secretário Sérjão da Sesep trajando uma camisa azul com detalhes nos botões fazia uma boa diferença.

Repeteco

Em determinado momento chega ao recinto o Prefeito Antonio Carlos, que alterna cumprimentar eleitores e amigos, falar ao celular e brincar com os netos que ali estavam presentes. Neste instante a constatação; O Prefeito veste a mesma camisa, copiada pelo Secretário de Serviços Públicos, diferente apenas no tom de azul, mais escuro.

Promoção

Encosto no Prefeito e pergunto se agora está ditando Moda. O alcaide não entende e sendo mais explícito ele responde; “É, me falaram da camisa” e entre uma risada e outra o Todo Poderoso emenda de forma humorada. “Acho que ele está querendo uma Promoção”.

Underwear

Depois dessa não acharei estranho que alguém tenha perguntado qual a marca das meias e das peças íntimas usadas pelo Todo Poderoso. O que não se faz por uma indicação, uma benção em abril de 2016.

Renúncia

E o Arcebispo de Passo Fundo, no Rio Grande do Sul, Don Antonio Carlos Altieri, que foi Bispo Diocesano de Caraguatatuba, pediu renúncia do cargo ao Papa Francisco que aceitou.

Virulento

Hum, bem estranho. Primeiro o Prefeito Antonio Carlos inventa a renúncia pré-datada e volta atrás e agora o Arcebispo de Passo Fundo, que foi Bispo em Caraguatatuba, renuncia a função. Seria a renúncia um vírus, uma bactéria, algo epidêmico a qual precisamos tomar cuidado na cidade???

Cerimonial

Essa também aconteceu na abertura do Festival do Camarão. Inicia-se a abertura, palanque montado, autoridades convidadas e colocadas no palco, opta-se por uma abertura enxuta, onde falam apenas o Presidente dos Pescadores do Camaroeiro, a Presidente da Fundacc e o Prefeito Antonio Carlos, que encerra.

Homenagem

E não é que após a fala do Chefe do Executivo aparece uma homenagem do Arquivo Público Municipal para uma senhora que ocupa função de destaque na Sociedade Civil Organizada. Erro feio e gritante!!!

Precedência

Segundo a regra do Cerimonial Público e da ordem das Precedências, a pessoa mais importante do evento, no caso o Prefeito, é o primeiro a ser chamado e o último a discursar e depois dele, nada mais pode ser feito, falado, ocorrido ou acontecido. A homenagem em questão é válida, mas antes da fala do Chefe do Executivo.

Sobre Pedro Monte-Mór

Pedro Monte-Mór tem 54 anos, é Jornalista Profissional, formado pela Universidade de Taubaté em 1986 e Pós-Graduado pela mesma Universidade em Assessoria de Imprensa, Gestão da Comunicação e Marketing em 2005. Carioca de nascença mora em Caraguatatuba há 44 anos e incorporou-se ao modo de vida paulista. O início da sua vida profissional se dá na década de 80, quando fez Free Lance para a Rádio Oceânica – AM 670 e Jornal Expressão Caiçara. No período universitário trabalhou de 1984 a 1986 na GAZETA DE TAUBATÉ, sob o comando do Jornalista Djalma Castro e como Correspondente em Taubaté do extinto JORNAL DO VALE, de São José dos Campos no ano de 1986. Trabalhou para o SEBRAE Litoral Norte – Regional São José dos Campos, Prefeitura Municipal de Caraguatatuba de 1989 a 1992, além de diversas outras entidades de classe, Como ACE (Jornal do Comércio) e AEAA-C (Jornal dos Engenheiros), sempre na direção Editorial. Prestou Assessoria de Imprensa para a Praiamar Transportes. Fundou os jornais O NOROESTE e NOROESTE NEWS em Caraguatatuba, respectivamente de 1997 a 1998 e de 1998 a 1999. Foi Correspondente do JORNAL IMPRENSA LIVRE, de São Sebastião, o único diário do Litoral Norte do Estado de São Paulo, de 1992 a 1996 e de 1999 a 2001. Trabalhou como Assessor de Comunicação da Câmara Municipal de Caraguatatuba de 2001 a 2012, exercendo também as funções de Relações Públicas, Cerimonialista e Mestre de Cerimônias. Exerceu função na Assessoria de Comunicação da Prefeitura de São Sebastião de Agosto de 2013 a Julho de 2014 e escreveu para o Jornal InfoImóveis de Dezembro de 2013 a Fevereiro de 2014. Ministrou aulas na UNIP em São José dos Campos (Marketing Político) e no Módulo – Comunicação (Fotografia e Teoria da Comunicação). Atualmente ministra aulas no IBRAP (Instituto Brasileiro de Administração Pública), nos cursos de Ouvidoria, Assessoria de Comunicação, Estruturação de Assessoria de Comunicação e Media Training.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Criado por Invicta Code