E o calor do Verão combina muito bem com a temperatura dos bastidores da política local, que não para de gerar informação, notícia e muito comentário pelos quatro cantos da cidade.

 

Poder

E a fome de Poder da atual administração não tem limites. Ocupar todos os espaços, ou seja, as entidades chave para a manutenção e controle político total da cidade é assunto prioritário no atual grupo político.

 

Busca

Depois de ganhar a Prefeitura, a Câmara e agora a Associação Comercial, qual seria a próxima fatia do Bolo do Poder na cidade???

 

OAB

Segundo nossa rede bem enfronhada de informantes a Presidência da OAB local será a próxima entidade a ser abocanhada pelo atual grupo político na cidade.

 

Estranheza

O que causa estranheza é o fato do atual Presidente, o causídico e professor de Direito Felipe Tobias, não ter ou demonstrar qualquer inclinação política, seja para o lado A ou B. Talvez seja esse o problema, pois o grupo quer alguém vertendo para o seu lado!!!

 

Relacionamento

Pelo que se sabe a primeira Secretária ligada aos Idosos e Portadores de Necessidades saiu das fileiras da atual diretoria, por indicação de Felipe Tobias. Ao mesmo tempo os advogados da Prefeitura tem um ótimo relacionamento com a atual Presidência da OAB local.

 

Entender

Quem entender o Poder e a sua fome de conquista, por favor, me chame para um sorvete e me explique por favor!!!

 

Regularização

Um contribuinte me procurou para reclamar sobre a questão da Regularização Fundiária, pois deu entrada em junho de 2017 com um pedido na área do Jardim Parnaso e até o momento não havia resposta.

 

Prazo

O mesmo contribuinte me conta que em setembro recebeu a informação da Secretaria de Habitação de que as regularizações estariam sendo feitas por bairro e que para consolidar o pedido dele, deveria esperar que os vizinhos da mesma rua também dessem entrada com o pedido.

 

Conselho

Segundo o contribuinte lhe foi aconselhado falar com os vizinhos, para que os mesmos também entrassem com o pedido. O problema é que os vizinhos são, na grande maioria, Veranistas, sendo assim, difícil de encontra-los. O contribuinte acha que esta atitude é injusta!!!

 

Gasto

O contribuinte afirma ter gasto em torno de r$ 1.200,00 e está com toda a documentação solicitada. Emenda o contribuinte informando que a alegação da Secretaria era a de que o Cartório não realiza a regularização de forma unitária, mas sim em grupos de vários pedidos.

 

Terreno

Outra questão levantada pelo nosso reclamante diz respeito as áreas que contêm edificações, ou seja, uma construção sobre elas.

 

Edificação

Caso você tenha uma Escritura de Posse numa área com uma casa edificada, a Regularização vai liberar apenas o terreno, sendo necessário novo procedimento para a Escritura Definitiva para a construção, ou seja, serão dois trabalhos.

 

Procedimentos

Para regularizar a casa os procedimentos deverão ser o da obtenção do Habite-se e a Averbação, para conseguir a Escritura Definitiva, ou seja, mais trabalho, mais uma via crucis de tirar o fôlego.

 

Informação

Na opinião do contribuinte a Prefeitura, através da Secretaria de Habitação deveria informar melhor o morador quanto a questão da Regularização Fundiária, pois segundo ele, sendo informado que terrenos com edificações são merecedores de dois procedimentos, faria primeiro o da edificação, que é mais complicado, para depois fazer o do terreno, que é mais simples.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *