Find the latest bookmaker offers available across all uk gambling sites www.bets.zone Read the reviews and compare sites to quickly discover the perfect account for you.
Home / Blogueando / Blogueando – O Caiçara

Blogueando – O Caiçara

Seguindo a linha de dar nomes a melhor e mais famosa Coluna Política de Caraguatatuba, desta vez finalizamos a sequência de homenagens ao Caiçara, dono desta terra e senhor absoluto destas lindas paragens.

 

Economia

Hoje o papo é sobre Economia. Vamos falar um pouco sobre grana, comércio e a atual situação.

 

Situação

O Governo Federal insiste em falar que a economia está melhorando, que os empregos estão voltando, que a indústria está produzindo um pouco mais e que a situação está melhorando gradativamente.

 

Estadual

O Governo do Estado por sua vez tem investido e vem se mostrando organizado e mantendo os pagamentos em dia.

 

Caraguá

Em Caraguatatuba o que vimos durante o ano são os grandes se mantendo firmes e os pequenos num rodízio de fecha um aqui, fecha outro ali, um que tenta se levantar e outro que não aguenta o tranco e para. De Outubro para cá nota-se alguns investimentos voltados para a temporada de Verão.

 

Árabe

Um exemplo disso é o Restaurante de Comida Árabe, o Al Badah, que alugou um imóvel na avenida da praia, próximo a rotatória onde tem um totem do Lions, que deverá inaugurar suas instalações no final deste mês ou em dezembro.

 

Pior

O pior de tudo isso é que o empreendedor brasileiro investe em algo, na maioria das vezes, que não conhece ou por inveja, que o concorrente tem sucesso. Este tipo de comércio tende a durar no máximo 2 anos, fechando logo a seguir, seja por falência, por concordata ou por não obter lucros.

 

Real

Você achou engraçada ou triste a nota anterior??? Mas é verdade!!! O que tem de comerciante que abre um negócio porque acha legal ou porque um outro comerciante ganhou dinheiro e acha que também ganhará virou vício, tradição ou praxe!!!

 

Tempo

Segundo os entendidos sobre o assunto, qualquer negócio para ser aberto, tem que contabilizar pelo menos 12 meses sem ganhos, para obter lucro a partir deste período. Mas o que acontece são estes ditos “Empreendedores” gastarem, investirem e desistirem com pelo menos oito a dez meses.

 

Todos

E isso vale para todos: Comércio, Compra e Venda de produtos, Representação, Prestador de Serviço. Enfim todas as vertentes dos empreendimentos!!!

 

Normal

Ao invés disso são Prestadores de Serviço que não mantêm prazos, Empresas de Comunicação que pensam em lucros em quatro meses e até Restaurantes que não respeitam normas Sanitárias para tentar vender mais gastando menos!!!

 

Fechado

Um exemplo disso é o Cigarras Praia Hotel, de São Sebastião, que fechou suas portas em março deste ano.

 

Fechou

Outro exemplo é o Hotel Porto Grande, também em São Sebastião, que fechou suas portas neste mês de novembro.

 

Tradicional

Na minha opinião todo comércio que fecha suas portas é um acontecimento dos mais trágicos, por causa dos empregos diretos e indiretos e suas respectivas famílias, mas o fechamento do Porto Grande, um dos maiores, mais conhecidos, antigos e tradicionais hotéis da região, é um fato que deveria despertar um “Alerta Vermelho” na região, pois mostra que não estamos navegando na mesma maré que o Governo Federal alardeia por aí.

 

Ruim

Isso é muito ruim para a nossa região, pois mostra a precariedade da economia, a falta de uma melhor estrutura de defesa para o empreendedor local e regional e de outros fatores.

 

Nenhum

Em Caraguatatuba não tivemos estes momentos ruins até o momento, apenas o fechamento de pequenos comércios, sendo que não podemos afirmar se estamos melhores ou não, pois todos navegam na mesma onda!!!

 

Abriu

Como disse, ao contrário de São Sebastião nenhum hotel fechou em Caraguatatuba e o último a iniciar suas atividades foi o Costa Norte, na praia de Massaguaçu.

 

Parque

Analisando a fundo o nosso parque hoteleiro é muito pequeno e fraco na cidade e região e ao mesmo tempo, com a economia do jeito que está, não dá para fazer milagre e ir abrindo hotéis de médio e grande porte, de quatro ou cinco estrelas.

 

Conciliar

Neste ramo, que engloba Turismo, Comércio e Prestação de Serviço, há de se conciliar estudo do perfil do Turista, Investimento em Eventos voltados para este perfil, a definição do melhor perfil ou do perfil ideal e por aí vai.

 

Bilateral

Quando falo em investimentos em eventos, no turismo, digo que é um acordo bilateral, ou seja, comerciantes e o Poder Público investem. Se for unilateral deverão existir compensações para o investidor.

 

Vale-Sol

Certa vez um amigo, extremamente conservador e até um pouco retrógado, me contou sobre uma viagem que fez ao Nordeste e que por infelicidade, terminou antes do tempo por causa de chuvas torrenciais. Ao desistir e pedir para fechar a conta ele me contou que recebeu um “Vale-Sol” pelas diárias pagas e não aproveitadas, que poderiam usadas na baixa temporada gratuitamente, como forma de compensação.

 

Ideia

Esta não seria uma boa ideia para ser utilizada na cidade???

Sobre Pedro Monte-Mór

Pedro Monte-Mór tem 54 anos, é Jornalista Profissional, formado pela Universidade de Taubaté em 1986 e Pós-Graduado pela mesma Universidade em Assessoria de Imprensa, Gestão da Comunicação e Marketing em 2005. Carioca de nascença mora em Caraguatatuba há 44 anos e incorporou-se ao modo de vida paulista. O início da sua vida profissional se dá na década de 80, quando fez Free Lance para a Rádio Oceânica – AM 670 e Jornal Expressão Caiçara. No período universitário trabalhou de 1984 a 1986 na GAZETA DE TAUBATÉ, sob o comando do Jornalista Djalma Castro e como Correspondente em Taubaté do extinto JORNAL DO VALE, de São José dos Campos no ano de 1986. Trabalhou para o SEBRAE Litoral Norte – Regional São José dos Campos, Prefeitura Municipal de Caraguatatuba de 1989 a 1992, além de diversas outras entidades de classe, Como ACE (Jornal do Comércio) e AEAA-C (Jornal dos Engenheiros), sempre na direção Editorial. Prestou Assessoria de Imprensa para a Praiamar Transportes. Fundou os jornais O NOROESTE e NOROESTE NEWS em Caraguatatuba, respectivamente de 1997 a 1998 e de 1998 a 1999. Foi Correspondente do JORNAL IMPRENSA LIVRE, de São Sebastião, o único diário do Litoral Norte do Estado de São Paulo, de 1992 a 1996 e de 1999 a 2001. Trabalhou como Assessor de Comunicação da Câmara Municipal de Caraguatatuba de 2001 a 2012, exercendo também as funções de Relações Públicas, Cerimonialista e Mestre de Cerimônias. Exerceu função na Assessoria de Comunicação da Prefeitura de São Sebastião de Agosto de 2013 a Julho de 2014 e escreveu para o Jornal InfoImóveis de Dezembro de 2013 a Fevereiro de 2014. Ministrou aulas na UNIP em São José dos Campos (Marketing Político) e no Módulo – Comunicação (Fotografia e Teoria da Comunicação). Atualmente ministra aulas no IBRAP (Instituto Brasileiro de Administração Pública), nos cursos de Ouvidoria, Assessoria de Comunicação, Estruturação de Assessoria de Comunicação e Media Training.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Criado por Invicta Code