Find the latest bookmaker offers available across all uk gambling sites www.bets.zone Read the reviews and compare sites to quickly discover the perfect account for you.
Home / Textos Turismo / CARAGUÁ: QUAL O PERFIL DO SEU TURISTA?

CARAGUÁ: QUAL O PERFIL DO SEU TURISTA?

Turismo 6

Pergunta fácil de responder: Descreva a sua esposa ou namorada, fale a respeito do seu melhor amigo ou trace um perfil de sua mãe ou o do seu patrão!!! Se para você isso é fácil vai agora uma pergunta difícil; Qual o perfil do Turista que visita Caraguatatuba???

A palavra perfil demanda para o óbvio, ou seja, perfil é olhar para a pessoa de lado e a partir disso, descrever. No meu caso seria Testa saliente, nariz protuberante, meio batatão, peitudo, barrigudo de pernas aparentemente grossas.

O perfil no jargão publicitário, do marketing e da pesquisa de opinião é mais ou menos isso. É o fato de descrever o Turista nos pontos que mais nos interessam, ou seja, nos pontos que mais podemos proporcionar benefício e retorno a ele.

Agora o nosso caso é o Turismo em Caraguatatuba. Para proporcionar um Turismo moderno, profissional e voltado para o melhor custo benefício, a satisfação plena de quem nos visita, precisamos conhecê-lo profundamente. Quais seriam os itens mais importantes para um perfil atualizado e verdadeiro do Turista que nos visita???

Assim como dizia Jack o Estripador, vamos por partes!!! Vamos iniciar pelo sexo, masculino ou feminino. Em seguida melhor sabermos a idade, dividindo pelos seguintes campos: Até 16 anos; de 17 a 25 anos; de 26 a 35 anos; de 36 a 45 anos; de 46 a 55 anos; de 56 a 65 anos e de 65 em diante. Cor da Pele? – Branco ou Negro. Raça ou descendência seria interessante, Afrobrasileiro, Caucasiano/Ocidental ou Oriental. Vamos perguntar qual o nível de escolaridade; 1º Grau, 2º Grau, Ensino Médio, Nível Superior, Pós-Graduação, Mestrado e Doutorado.

Dando continuidade podemos perguntar se é casado, solteiro, separado/divorciado, viúvo ou união homo fóbica. Outra pergunta diz respeito aos filhos, se os tem, qual a idade e se são homens ou mulheres. Uma pergunta diferente seria saber se viaja com os filhos ou não. Podemos perguntar se o entrevistado trabalha ou não e em caso positivo se é Profissional Liberal, Servidor Público, Militar, Industriário, Comerciário, Prestador de Serviço, Aposentado, Executivo, dentre outros. O nível salarial é muito importante saber. Até 1 mínimo, de 2 a 3 mínimos, de 4 a 5, de 6 a 7, de 8 a 9 e acima de 10 mínimos.

Até o momento já perguntamos quanto ganha, até onde estudou, a cor da pele, estado civil, sua descendência, com quem viaja, sua idade e sua profissão. Não podemos esquecer de perguntar onde mora – cidade e estado e quantas vezes costuma viajar no ano, especificando a quantidade de vezes que visita Caraguá. Estamos na etapa mais direcionada e perguntamos agora o que gosta e o que não gosta em Caraguá, além de uma estimativa diária de quanto gasta diariamente quando aqui está. É bom também perguntar se a hospedagem é em casa alugada ou em hotel. Ainda no campo especificidades, podemos perguntar se quando está em Caraguá freqüenta praia e qual seria ou se fica na piscina do hotel ou a passear pela região. A religião do nosso turista é interessante saber, visando algum evento religioso a ser realizado na cidade. O nosso turista vem para Caraguá e por aqui fica ou usa a cidade como base para visitar as cidades vizinhas da região? Qual é o programa diário do nosso turista quando aqui está? Piscina, Praia, Almoço, Descanso, Passeio, Lanche e Passeio ou este roteiro com pequenas alterações?

Após saber como é, se porta, sente, gosta e detesta o nosso turista, podemos saber o que fazer para que ele tenha o máximo em satisfação e continue vindo às nossas praias. Partindo destas respostas podemos montar toda uma estrutura visando o seu bem estar, sua satisfação e ter a garantia do retorno no próximo feriado ou férias de verão.

Finalizando este texto quer arriscar um perfil? O nosso turista é Branco, idade em média de 30 anos, é casado, tem 2 filhos, é Evangélico, é Caucasiano, ganha em torno de 3 salários mínimos, tem Ensino Médio, gasta em torno de R$ 70,00/dia, costuma ficar em hotel, em média 4 dias, viaja até 3 vezes por ano, é Servidor Público, mora na capital, freqüenta as praias da cidade e tem por costume passear e comer no comércio local.

Este texto foi elaborado para alertar o Poder Público da necessidade de termos e atualizarmos o Perfil do nosso turista e pelo simples fato de que a Prefeitura não elabora um Perfil de Turismo há pelo menos 10 anos.

Turismo 3

Sobre Pedro Monte-Mór

Pedro Monte-Mór tem 54 anos, é Jornalista Profissional, formado pela Universidade de Taubaté em 1986 e Pós-Graduado pela mesma Universidade em Assessoria de Imprensa, Gestão da Comunicação e Marketing em 2005. Carioca de nascença mora em Caraguatatuba há 44 anos e incorporou-se ao modo de vida paulista. O início da sua vida profissional se dá na década de 80, quando fez Free Lance para a Rádio Oceânica – AM 670 e Jornal Expressão Caiçara. No período universitário trabalhou de 1984 a 1986 na GAZETA DE TAUBATÉ, sob o comando do Jornalista Djalma Castro e como Correspondente em Taubaté do extinto JORNAL DO VALE, de São José dos Campos no ano de 1986. Trabalhou para o SEBRAE Litoral Norte – Regional São José dos Campos, Prefeitura Municipal de Caraguatatuba de 1989 a 1992, além de diversas outras entidades de classe, Como ACE (Jornal do Comércio) e AEAA-C (Jornal dos Engenheiros), sempre na direção Editorial. Prestou Assessoria de Imprensa para a Praiamar Transportes. Fundou os jornais O NOROESTE e NOROESTE NEWS em Caraguatatuba, respectivamente de 1997 a 1998 e de 1998 a 1999. Foi Correspondente do JORNAL IMPRENSA LIVRE, de São Sebastião, o único diário do Litoral Norte do Estado de São Paulo, de 1992 a 1996 e de 1999 a 2001. Trabalhou como Assessor de Comunicação da Câmara Municipal de Caraguatatuba de 2001 a 2012, exercendo também as funções de Relações Públicas, Cerimonialista e Mestre de Cerimônias. Exerceu função na Assessoria de Comunicação da Prefeitura de São Sebastião de Agosto de 2013 a Julho de 2014 e escreveu para o Jornal InfoImóveis de Dezembro de 2013 a Fevereiro de 2014. Ministrou aulas na UNIP em São José dos Campos (Marketing Político) e no Módulo – Comunicação (Fotografia e Teoria da Comunicação). Atualmente ministra aulas no IBRAP (Instituto Brasileiro de Administração Pública), nos cursos de Ouvidoria, Assessoria de Comunicação, Estruturação de Assessoria de Comunicação e Media Training.

Criado por Invicta Code