Find the latest bookmaker offers available across all uk gambling sites www.bets.zone Read the reviews and compare sites to quickly discover the perfect account for you.
Últimas Notícias
Home / Textos Diversos / Circo quebra mureta para se instalar na cidade

Circo quebra mureta para se instalar na cidade

A reportagem do Blog Contra & Verso flagrou na noite de quinta-feira – 28 de dezembro, um grupo de cinco homens danificando a mureta da avenida da praia, localizada na Avenida Dr. Arthur Costa Filho. Um dos homens portava uma ferramenta e próximo a eles estava estacionado um caminhão da empresa Black Circus. Segundo a Prefeitura a obra visava a instalação temporária do empreendimento. O fato contraria as regras sobre Patrimônio Público.

Durante uma caminhada de lazer na noite de quinta-feira – 28 de dezembro, no período da noite a reportagem do Contra & Verso observou cinco homens, sendo um deles com uma ferramenta, quebrando a mureta da avenida da praia, numa área entre a sede da Secretaria Municipal de Turismo e o Quiosque do Flávio. Junto ao grupo havia um amontoado de tijolos e o caminhão da empresa Black Circus estacionado.

Horas depois, ao retornar pelo mesmo caminho a reportagem não visualizou mais o grupo e nem o caminhão, mas haviam sido feitas duas rampas no mesmo espaço. O grupo não teve o devido cuidado para uma obra de qualidade, visto que em uma das rampas o acabamento de mármore havia sido retirado de forma grotesca.

Questionada através das Redes Sociais a Prefeitura, através de sua Secretaria de Comunicação (Secom) respondeu que a obra foi feita a pedido da Black Circus, que se instalaria no local temporariamente, durante a temporada de verão e que a mureta foi quebrada para facilitar a entrada dos frequentadores, sendo restabelecida logo após o seu período de permanência.

A Secom explicou, através das Redes Sociais, que o Black Circus tem como proprietário um ex-morador de rua que ao ganhar na Loteria, montou um Circo Beneficente, onde o frequentador não paga ingresso, mas sim doa alimento que é revertido para o Fundo Social de Solidariedade da cidade onde estiver instalado. O nome do proprietário e maiores detalhes sobre o empreendimento não foram fornecidos pela Secom. No Release oficial consta que a entrada é gratuita e a doação de alimentos não é obrigatória, além do empreendimento pertencer a dois irmãos que levam a magia do circo gratuitamente pelo país.

Nas Redes Sociais a atitude surtiu efeito negativo, pois a instalação naquele local não deve o devido estudo, pois acarretaria um grande congestionamento na principal via de acesso aos bairros da zona sul e a principal praia da cidade, a Martim de Sá. Ao mesmo tempo a quebra da mureta da praia contraria regras ligadas ao Patrimônio Público, onde qualquer obra naquele local, considerado como área de Marinha, necessitaria de autorização. Esta informação também não foi fornecida pela Secom.

Segundo informações o Black Circus seria instalado inicialmente numa área localizada também na avenida da praia, só que ao lado da sede da Unimed na cidade, entre as ruas São José dos Campos e Caçapava, em área pertencente a um grupo de empresários da cidade e que recentemente foi desapropriada pela Prefeitura para a construção do novo Paço Municipal e sede do Legislativo. Ao que se sabe a intenção inicial teria sido abortada e o novo local seria a área próxima a sede da Setur.

Atualmente o Black Circus voltou para a área inicial, pois segundo a Secom, haveriam problemas com o trânsito no local, mostrando que não houve um estudo sobre a melhor instalação do empreendimento. Os espetáculos tiveram início em cinco de janeiro – sexta-feira. Até o fechamento deste texto a mureta ainda não havia sido reparada.

Sobre Pedro Monte-Mór

Pedro Monte-Mór tem 54 anos, é Jornalista Profissional, formado pela Universidade de Taubaté em 1986 e Pós-Graduado pela mesma Universidade em Assessoria de Imprensa, Gestão da Comunicação e Marketing em 2005. Carioca de nascença mora em Caraguatatuba há 44 anos e incorporou-se ao modo de vida paulista. O início da sua vida profissional se dá na década de 80, quando fez Free Lance para a Rádio Oceânica – AM 670 e Jornal Expressão Caiçara. No período universitário trabalhou de 1984 a 1986 na GAZETA DE TAUBATÉ, sob o comando do Jornalista Djalma Castro e como Correspondente em Taubaté do extinto JORNAL DO VALE, de São José dos Campos no ano de 1986. Trabalhou para o SEBRAE Litoral Norte – Regional São José dos Campos, Prefeitura Municipal de Caraguatatuba de 1989 a 1992, além de diversas outras entidades de classe, Como ACE (Jornal do Comércio) e AEAA-C (Jornal dos Engenheiros), sempre na direção Editorial. Prestou Assessoria de Imprensa para a Praiamar Transportes. Fundou os jornais O NOROESTE e NOROESTE NEWS em Caraguatatuba, respectivamente de 1997 a 1998 e de 1998 a 1999. Foi Correspondente do JORNAL IMPRENSA LIVRE, de São Sebastião, o único diário do Litoral Norte do Estado de São Paulo, de 1992 a 1996 e de 1999 a 2001. Trabalhou como Assessor de Comunicação da Câmara Municipal de Caraguatatuba de 2001 a 2012, exercendo também as funções de Relações Públicas, Cerimonialista e Mestre de Cerimônias. Exerceu função na Assessoria de Comunicação da Prefeitura de São Sebastião de Agosto de 2013 a Julho de 2014 e escreveu para o Jornal InfoImóveis de Dezembro de 2013 a Fevereiro de 2014. Ministrou aulas na UNIP em São José dos Campos (Marketing Político) e no Módulo – Comunicação (Fotografia e Teoria da Comunicação). Atualmente ministra aulas no IBRAP (Instituto Brasileiro de Administração Pública), nos cursos de Ouvidoria, Assessoria de Comunicação, Estruturação de Assessoria de Comunicação e Media Training.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Criado por Invicta Code