Find the latest bookmaker offers available across all uk gambling sites www.bets.zone Read the reviews and compare sites to quickly discover the perfect account for you.
Últimas Notícias
Home / Textos Empresariais / Media Training 2

Media Training 2

Media Training 2

Eu já havia dito em textos anteriores que alguns assuntos ganhariam uma continuação. Isto na imprensa – de uma maneira mais aportuguesada –  tem o nome de “Suíte”. O Media Training é a postura que o Executivo, empreendedor, empresário ou agente político deve ter perante a imprensa.

Dando continuidade nas dicas e orientações sobre Media Training, gostaria de relatar algumas particularidades sobre o assunto. Os especialistas em Televisão e Media Training orientam que o azul é a cor da mulher e que o rosa é a cor do erotismo, bem como o vermelho representa o sangue, a violência e o amor. É bom que as mulheres empresárias e empreendedoras pensem bem quando escolherem uma cor para um programa de rádio, televisão ou debate.

A bem da verdade esta é a opinião de uma linha de especialistas, a qual não concordo na plenitude. Ao mesmo tempo referindo-me ao azul, a interpretação da cor vinculada ao amor não está vinculada aos homens, os quais ainda oriento que devam usar azul, preto, grafite ou cinza. Esqueçam cores extravagantes, berrantes e vivas, bem como o branco.

Falemos agora sobre maquiagem. Do mesmo jeito que um careca deve ter a sua cabeça maquiada para evitar reflexos e brilhos, homens e mulheres devem estar maquiados de forma básica, neutra e simples. Assim como os decotes e acessórios, uma maquiagem exagerada vai dar o que falar após a sua aparição, sem contudo que alguém lembre o que você disse ou discutiu.

Falemos agora de cabelos. Roga-se que as mulheres tenham sempre o cabelo preso, com algum coque ou penteado básico. Do mesmo jeito, não usem adereços nos cabelos. Lembrem-se; quem aparece numa entrevista é você e não o que está usando.

Falando ainda de cabelo, ou melhor, de cabeça, será sempre bom que você não use boné durante uma entrevista, principalmente de televisão. Vamos lá, primeiro você não é mais aquele garotão para usar boné por aí. Segundo que o boné faz sombra sobre o seu rosto e causa problemas na iluminação. Terceiro que em locais cobertos a educação manda não usar boné ou chapéu. Exceção se dará apenas aos militares, que quando em local aberto necessitam de cobertura.

Caso você venha dizer para mim que será entrevistado durante um evento promovido por sua empresa e você precisa fazer o merchandising, eu respondo da seguinte maneira; use uma camiseta com a logomarca desejada. Geralmente as câmeras focam o entrevistado em meio quadro.

Finalizando, não perca tempo em ligar para jornalistas, se não for passar uma boa matéria. Numa situação de crise, nunca omita informações à imprensa, nunca dê o bolo num jornalista quando marcar hora com ele, não queira nunca olhar no bloco de anotações dele ou reclame quando a matéria não sair. Não peça para ler o que ele escreveu e não tente seduzi-lo nunca, com presentes e vantagens.

Sobre Pedro Monte-Mór

Pedro Monte-Mór tem 54 anos, é Jornalista Profissional, formado pela Universidade de Taubaté em 1986 e Pós-Graduado pela mesma Universidade em Assessoria de Imprensa, Gestão da Comunicação e Marketing em 2005. Carioca de nascença mora em Caraguatatuba há 44 anos e incorporou-se ao modo de vida paulista. O início da sua vida profissional se dá na década de 80, quando fez Free Lance para a Rádio Oceânica – AM 670 e Jornal Expressão Caiçara. No período universitário trabalhou de 1984 a 1986 na GAZETA DE TAUBATÉ, sob o comando do Jornalista Djalma Castro e como Correspondente em Taubaté do extinto JORNAL DO VALE, de São José dos Campos no ano de 1986. Trabalhou para o SEBRAE Litoral Norte – Regional São José dos Campos, Prefeitura Municipal de Caraguatatuba de 1989 a 1992, além de diversas outras entidades de classe, Como ACE (Jornal do Comércio) e AEAA-C (Jornal dos Engenheiros), sempre na direção Editorial. Prestou Assessoria de Imprensa para a Praiamar Transportes. Fundou os jornais O NOROESTE e NOROESTE NEWS em Caraguatatuba, respectivamente de 1997 a 1998 e de 1998 a 1999. Foi Correspondente do JORNAL IMPRENSA LIVRE, de São Sebastião, o único diário do Litoral Norte do Estado de São Paulo, de 1992 a 1996 e de 1999 a 2001. Trabalhou como Assessor de Comunicação da Câmara Municipal de Caraguatatuba de 2001 a 2012, exercendo também as funções de Relações Públicas, Cerimonialista e Mestre de Cerimônias. Exerceu função na Assessoria de Comunicação da Prefeitura de São Sebastião de Agosto de 2013 a Julho de 2014 e escreveu para o Jornal InfoImóveis de Dezembro de 2013 a Fevereiro de 2014. Ministrou aulas na UNIP em São José dos Campos (Marketing Político) e no Módulo – Comunicação (Fotografia e Teoria da Comunicação). Atualmente ministra aulas no IBRAP (Instituto Brasileiro de Administração Pública), nos cursos de Ouvidoria, Assessoria de Comunicação, Estruturação de Assessoria de Comunicação e Media Training.

Criado por Invicta Code