Find the latest bookmaker offers available across all uk gambling sites www.bets.zone Read the reviews and compare sites to quickly discover the perfect account for you.
Últimas Notícias
Home / Textos Diversos / O Turismo como Prioridade

O Turismo como Prioridade

Turismo 1

Passado o tormento eleitoral em Caraguatatuba devemos voltar nossos olhos para o que foi dito e prometido, verificando se há possibilidade de ser concretizado. O Turismo foi amplamente debatido e na verdade, nenhuma proposta apresentada é diretamente viável para alavancar a economia local e comprovar a identidade do município. O Turismo precisa ser tratado como Prioridade.

Caraguatatuba é uma Estância Balneária conforme Decreto Estadual datado da década de 40 do século passado. Com mais de 480 quilômetros quadrados de área e uma orla composta por mais de 15 praias, divididas em 26 quilômetros de extensão, o município é dotado de recantos e encantos naturais dos mais diversos, como mirantes, cachoeiras, rios, lagoas e pedras alusivas a fauna e a história do Caiçara. Enfim, um lugar onde o Turismo precisa ser tratado com mais responsabilidade, pois as suas características retratam a identidade econômica do local.

Não se pode unicamente dizer que a divulgação da cidade deve ser feita em cidades durante os festejos de seus aniversários ou na Região Metropolitana do Vale do Paraíba. Primeiramente é necessário descobrir qual o perfil do Turista que visita a nossa cidade.

Uma simples pesquisa pode descobrir isso durante a alta temporada com perguntas básicas como Sexo, Estado Civil, Idade, Opção Sexual, Nível Salarial, Nível Educacional, número de filhos, respectivos sexos e idades, se a hospedagem na cidade é feita em hotéis, casas de amigos e parentes ou campings, com o respectivo período que permanece na cidade. O valor gasto e como é gasto diariamente é outro fato importante na pesquisa, bem como a maneira pela qual descobriu a nossa cidade como opção de suas férias além de qual meio locomoção usou para chegar até aqui. Perguntas adicionais como seus gostos culinários e qual Meio de Comunicação mais aprecia, além da cidade da qual é oriundo tem grande importância na descoberta do perfil do nosso Turista Padrão.

Descoberto após pesquisa o perfil do nosso turista costumeiro é a hora de investir na divulgação nas cidades da qual ele é originário, criando um grupo de municípios relacionados com o nível salarial e sua importância dentro do nosso estado. Penso que um ataque direto as regiões Sudeste, Centro-Oeste e Sul do país seria o melhor a ser feito, visto que os moradores do Norte e Nordeste do Brasil trocam suas figurinhas entre eles, com uma pequena porcentagem que viaje para as localidades já citadas, a não ser que seja uma data de âmbito nacional, como Carnaval, Festas Religiosas, Olimpíadas, etc.

Com o perfil em mãos, e ele será a base de todo o trabalho no desenvolvimento do Turismo na cidade, é a hora de pensar na criação de um Receptivo, uma empresa que receba os turistas no Aeroporto, na Rodoviária e até no Porto de Santos, para o translado até a cidade e nela, para proporcionar passeios e visitas a diversos locais em Caraguá e no Litoral Norte. Eventos como o Festival do Sorvete e de Cultura Japonesa seria um grande atrativo para a economia local.

Aliado ao perfil e ao Receptivo, as Agências de Viagem teriam como vender a cidade em pacotes dos mais variados, usando a cidade como ponto fixo ou base para a locomoção, dentro do Litoral Norte, na Costa Sul do Rio de Janeiro ou até para algumas cidades do Vale do Paraíba.

Como se vê, não é apenas “divulgando” a cidade nos municípios vizinhos ou próximos e melhorando os eventos existentes que o Turismo irá alavancar. É necessário um trabalho profissional e prioritário para fazer que o banho de mar e o deleite de estar ao sol seja algo rentável e duradouro.

Sobre Pedro Monte-Mór

Pedro Monte-Mór tem 54 anos, é Jornalista Profissional, formado pela Universidade de Taubaté em 1986 e Pós-Graduado pela mesma Universidade em Assessoria de Imprensa, Gestão da Comunicação e Marketing em 2005. Carioca de nascença mora em Caraguatatuba há 44 anos e incorporou-se ao modo de vida paulista. O início da sua vida profissional se dá na década de 80, quando fez Free Lance para a Rádio Oceânica – AM 670 e Jornal Expressão Caiçara. No período universitário trabalhou de 1984 a 1986 na GAZETA DE TAUBATÉ, sob o comando do Jornalista Djalma Castro e como Correspondente em Taubaté do extinto JORNAL DO VALE, de São José dos Campos no ano de 1986. Trabalhou para o SEBRAE Litoral Norte – Regional São José dos Campos, Prefeitura Municipal de Caraguatatuba de 1989 a 1992, além de diversas outras entidades de classe, Como ACE (Jornal do Comércio) e AEAA-C (Jornal dos Engenheiros), sempre na direção Editorial. Prestou Assessoria de Imprensa para a Praiamar Transportes. Fundou os jornais O NOROESTE e NOROESTE NEWS em Caraguatatuba, respectivamente de 1997 a 1998 e de 1998 a 1999. Foi Correspondente do JORNAL IMPRENSA LIVRE, de São Sebastião, o único diário do Litoral Norte do Estado de São Paulo, de 1992 a 1996 e de 1999 a 2001. Trabalhou como Assessor de Comunicação da Câmara Municipal de Caraguatatuba de 2001 a 2012, exercendo também as funções de Relações Públicas, Cerimonialista e Mestre de Cerimônias. Exerceu função na Assessoria de Comunicação da Prefeitura de São Sebastião de Agosto de 2013 a Julho de 2014 e escreveu para o Jornal InfoImóveis de Dezembro de 2013 a Fevereiro de 2014. Ministrou aulas na UNIP em São José dos Campos (Marketing Político) e no Módulo – Comunicação (Fotografia e Teoria da Comunicação). Atualmente ministra aulas no IBRAP (Instituto Brasileiro de Administração Pública), nos cursos de Ouvidoria, Assessoria de Comunicação, Estruturação de Assessoria de Comunicação e Media Training.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Criado por Invicta Code