Prefeitura gasta R$ 380 mil com Arena Cross

Na contra mão das declarações proferidas desde que assumiu a Prefeitura em janeiro deste ano, de que pegou uma Prefeitura sem dinheiro em caixa, com frota sucateada e com uma enorme dívida para com o CaraguáPrev, o Prefeito José Pereira de Aguilar Júnior gastou no final de abril a quantia de R$ 380 mil para trazer uma etapa do torneio de Moto Cross intitulado Arena Cross 2017. Apenas o organizador do evento se manifestou sobre o assunto.

Segundo o Extrato de Contrato – Contrato 95/2017, com base na Inexigibilidade de Licitação nº 43/2017 e do Processo nº 10974/2017, a Prefeitura Municipal de Caraguatatuba contratou a Liga Nacional de Esportes a Motor – Linem, com sede em Botucatu pelo valor de R$ 380.000,00 (Trezentos e Oitenta Mil Reais) para a realização do evento denominado Arena Cross, realizado no dia 29 de abril, como parte das comemorações pelos 160 anos de Emancipação Político-Administrativa do município.

O Blog CONTRA & VERSO pesquisou sobre a Linem e descobriu que a mesma está localizada no bairro Vila São João, na cidade de Botucatu, no interior do estado, sob a presidência de Ismael Francisco Tardevo. Ligamos para o local e o atendimento se identificou como Romagnolli Eventos, empresa responsável pela vinda e realização do Arena Cross e sob a direção de Carlos Romagnolli.

O diretor geral da empresa falou com o Blog CONTRA & VERSO. Romagnolli explicou que a Linem funciona no mesmo prédio e que realiza o evento há cerca de 19 anos em várias cidades do Brasil, representando a fase brasileira de um evento mundial. Conta que já esteve em Caraguatatuba no ano de 2015 para uma etapa do Free Style Mundial. Sobre o custo Romagnolli explica que estava incluída a Arbitragem, Estrutura, Camarotes, Equipe Médica, Premiação, Arquibancadas e Equipes Técnica e de Segurança.

Em números o diretor da empresa organizadora conta que trouxe 7 pilotos estrangeiros, que transmitiu ao vivo para 60 países durante 90 minutos através da Sport TV, Band Sports e You Tube para um público de cerca de 2 milhões de pessoas, onde apenas a primeira bateria foi realizada e cancelada devido a chuva, onde sagrou-se campeão o motociclista Jean Ramos. Ao mesmo tempo prometeu entregar para o CONTRA & VERSO um relatório de 200 páginas sobre o evento, com todas as aferições e resultados obtidos com a etapa na cidade. Segundo release da Prefeitura cerca de 5 mil pessoas estiveram presentes ao local.

Nos bastidores políticos o comentário é que o evento é bem-vindo na cidade pela divulgação do nome do município, mas não se explica é o gasto deste montante quando se alega falta de caixa no Executivo.

Foto: Luís Gava/Lucas Bueno/PMC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *