BLOGUEANDO 27 – ABR – 2015

Bloguear 4

Forte

E segundo conversinha de pé de orelha com algumas fontes, o Vereador Neto Bota estaria com muita força dentro do PSDB e seria, de longe, o candidato do Prefeito Antonio Carlos a sucessão em 2016.

Esqueça

Se esta informação estiver correta apague a nota feita anteriormente, de que o Vereador estaria de malas prontas para o PMDB, pois o seu espaço no PSDB estaria para lá de apertado, ou seja, sem chance de caminhar e evoluir.

Mantêm

Por outro lado outras fontes mantêm a informação de que Bota é um estranho no ninho Tucano e pensa em arrumar suas trouxas mal lavadas e ingressar no partido de apoio a Presidente Dilma.

Candidato

Com base na nota anterior, fontes relatam que Neto iria para o PMDB mesmo, saindo candidato a Prefeito, com o aval de Aguilar, que controla a legenda e seu filho Tato Aguilar como vice, pelo PSD.

Fora

Esta alternativa tira da jogada o advogado Álvaro Alencar Trindade, que pensa em sair do PT, partido que entrou pela indicação de Carlinhos de Almeida e não pela benevolência da legenda. O causídico pensava em sair candidato pelo PMDB.

Furada

Analistas políticos de plantão dizem que esta alternativa seria a mais prejudicial para o filho de pescador e a melhor para qualquer candidato de Antonio Carlos e seus opositores. A questão é uma só. Neto Bota tem a cara de Antonio Carlos e sua imagem está intimamente ligada ao alcaide e isso seria motivo de repulsa para os correligionários do PMDB, que hoje estão sob o comando de Aguilar.

Motivo

Mas qual seria o motivo??? Apenas falta de espaço??? Que nada. O motivo maior seria uma traição feita para com o Prefeito Antonio Carlos, a qual o alcaide não perdoa de jeito maneira.

Conluio

Segundo consta Neto Bota e Lelau teriam municiado o advogado José Luis Neves, velho inimigo de Antonio Carlos, com dados e documentos sobre o processo da Nutriplus. Este é o tipo de traição difícil de esquecer e relevar.

Processo

O processo da Nutriplus é aquele que versa sobre Merenda Escolar e que tem sentença desfavorável ao Prefeito, que se mantêm no cargo graças a instrumentos jurídicos.

Fica

A mesma fonte fala que nem por reza brava Lelau sai do ninho petista para se acomodar num ninho tucano, pelo fato de que na eleição de 2016 o Vereador não iria disputar votos e chances com feras da política local.

Origem

De acordo ainda com as nossas fontes a tal “força” de Neto Bota teria sido o grande número de votos conquistados para o Deputado Federal Carlos Sampaio, correligionário e amigo do Prefeito Antonio Carlos nas eleições de 2014.

Razão

Como principal voz da oposição na Câmara Federal e bem relacionado com o Chefe do Executivo local, não haveria como recusar a indicação de Neto Bota para suceder Antonio Carlos nas eleições do ano que vem.

Explicando

Vamos colocar os pingos nos iiiis. Grande votação para Deputado Estadual, Federal, Senador, Governador ou Presidente não se compara a votos para Prefeito. Tem eleitor que vota em certos candidatos para Deputado para se ver longe dele. Vide uma história local e não muito antiga.

Grupo

Para se ter uma idéia na eleição de 2008 pensou-se em criar uma Associação Defensora de Caraguatatuba, elegendo Antonio Carlos como o principal defensor. Esta ação teria como objetivo firmar o propósito de que o atual Prefeito deveria se manter como Deputado Estadual e não como Prefeito, esvaziando a sua candidatura.

Nem Bola

A idéia foi levada a um assessor “intelectual” da campanha de Aguilar, que nem deu bola. O castigo veio a cavalo. O dito assessor perdeu sua função e Aguilar perdeu por 1.200 votos.

Explicando 1

Há quem diga que muitos votaram em Antonio Carlos para Deputado Estadual com este pensamento, o de vê-lo cada vez mais distante. O pior da história é que ACS ficou com saudades de Caraguá e não agüentou trabalhar no Ibirapuera.

Explicando 2

Agora quando o assunto é voto para Prefeito o cenário muda de figura, ou seja, o buraco é mais embaixo. São eleições diferentes que não podem ser relacionadas, nem como poder de voto, nem como índice de aceitação.

Explicando 3

Não pense que os cabos eleitorais terão a mesma facilidade, entrada, alegria e produção que tiveram na eleição do ano passado, para com a eleição de Prefeito. Como havia dito, o buraco é mais embaixo e de várias maneiras a conquista do voto é mais difícil.

Inexplicável

Pelo visto explicações de nada adiantam, se o delito cometido foi o de traição, com a pena sendo o ostracismo, o esquecimento total.

Continua

Esta seqüência de notas e pensamentos continua na edição de amanhã do seu Blogueando.