Em homenagem ao povo Alemão, que muito contribuiu para o desenvolvimento deste país, segue o nome da coluna de hoje.

 

São Sebá 1

E o bicho pegou em São Sebastião, com uma visita oficial da Polícia Federal na residência do ex-Prefeito Ernane e de alguns Secretários Municipais.

 

São Sebá 2

O assunto rendeu até algumas apreensões, entre elas de grana viva na casa de certos figurões da política da cidade vizinha.

 

São Sebá 3

Mas este furdúncio ultrapassou fronteiras e chegou até Caraguatatuba, onde os Federais visitaram a sede do Jornal Expressão Caiçara. De lá foram levados documentos e os computadores do periódico.

 

Volp 1

Falando em São Sebastião, Ernane e Cia. Ltda. devemos citar o caso envolvendo a empresa Volp, que trabalhou na cidade vizinha e o ex-Prefeito Antonio Carlos da Silva.

 

Volp 2

Segundo consta o ex-Prefeito teria feito pagamentos indevidos a Volp, fato este detectado pela atual gestão que entrou com uma ação na justiça reivindicando os valores pagos a mais.

 

Volp 3

O que ninguém viu ou ficou sabendo é que esta primeira, sim primeira ação, foi devolvida na inicial por falta de assinatura eletrônica. Nos bastidores políticos esta devolução valeu muita risada!!!

 

Volp 4

Mas a Prefeitura não desistiu e entrou novamente com a ação, agora devidamente assinada e protocolada, conseguindo decisão do Juiz da 2ª Vara onde ficam bloqueados os bens dos envolvidos no caso.

 

Volp 5

São citados nesta ação, além do ex-Prefeito a empresa Volp e seu representante legal, o engenheiro João Alarcon, o ex-Secretário de Obras Gílson Mendes e o ex-Secretário de Saúde, Juan Lambert.

 

Volp 6

A ação tem por base a cobrança indevida dos pagamentos realizados para a construção da UPA – Unidade de Pronto Atendimento localizada na zona sul da cidade.

 

Volp 7

Incrível como a história se repete. Em 2009, a Prefeitura na gestão Antonio Carlos, identificou, através de Gílson Mendes, pagamentos indevidos e a mais, feito pelo ex-Prefeito José Pereira de Aguilar, quanto a pavimentação da avenida da praia, no trecho após a ponte do Indaiá. Este caso ainda tramita na justiça.

 

Chuvas

Passa ano, entra ano, papo vai, papo vem, promessa é feita, promessa não é cumprida e tudo continua a mesma coisa!!!

 

Chuvas 1

Findado 2017 com a promessa de acabar com as inundações na cidade a atual gestão nada fez para acabar com este secular e tradicional problema de Caraguatatuba.

 

Chuvas 2

As chuvas de março de 2017 fizeram um belo estrago na cidade e nem uma medida paliativa foi feita, simplesmente torceu-se para que no próximo ano as precipitações não fossem tão fortes e constantes.

 

Chuvas 3

Chegou o final de 2017 e o início de 2018 e a situação continua a mesma, ou seja, nenhum projeto de drenagem foi apresentado ou sequer esboçado para resolver o problema.

 

Chuvas 4

Para quem quiser conferir basta olhar as ruas do seu bairro e visitar a Feira de Artesanato na Praça Diógenes Ribeiro de Lima. Tem artesão fazendo trabalho forte com o nome Aguilar, além de recitar os mais sonoros e pesados palavrões sobre a mesma pessoa.

 

Chuvas 5

Na minha preliminar e rarefeita opinião, se a cidade tem um alto lençol freático, o que impossibilita fazer piscinões, o melhor seria construir para cima, ou seja, reservatórios que captariam a água de chuva e a bombeariam para os rios da cidade.

 

Pito

Está claro e evidente que esta atual gestão não conhece o velho ditado: “Roupa suja se lava em casa”. Isto aconteceu durante um programa de rádio na FM local.

 

Pito 1

Em determinado momento, ao falar sobre Regularização Fundiária, o locutor perguntou se o Release enviado não teria algum erro técnico.

 

Pito 2

O Bagre Júnior, sem pestanejar, lascou essa; “Comeram bola, comeram bola sim!!!”. Fico imaginando o mal-estar que isso causou dentro da Secom.

 

Pito 3

Ao mesmo tempo mandou um recado para seus adversários políticos e críticos de plantão. “Vai trabalhar”, disse o atual Prefeito.

 

Pito 4

É visível como esta gestão não admite e não sabe trabalhar com oposição e vigília dos críticos. Esta perda de compostura é triste de se ver num líder político local.

 

Eleição

E o nosso Don Quixote de Caraguá, José Luiz das Neves descobriu mais uma. Problemas nas eleições da Presidência da AEAA – C – Associação dos Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos de Caraguatatuba.

 

Eleição 1

Ao que parece o atual Presidente, Nílton de Oliveira e Silva, licenciado do cargo no momento, não poderia se candidatar a reeleição.

 

Eleição 2

Zé das Neves alega que não houve a publicidade oficial para as eleições na entidade e devido a isso, o pleito estaria ameaçado de ser impugnado.

 

Eleição 3

Neves aponta também que Nílton tem mandatos consecutivos, o que proíbe sua reeleição. O Don Quixote entrou com uma notificação na Justiça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *