Com o prazo das Convenções Municipais terminando em 16 de Setembro foram definidos os Candidatos a Prefeitura e Câmara Municipal para as Eleições Municipais de 2020, com data alterada para 15 de Novembro devido a Pandemia do Corona Vírus. Caraguatatuba terá nove Candidatos a Prefeito dos 11 que se apresentaram na Pré-Campanha. Conheça um pouco de cada um e escolha, após pesquisa, em quem irá votar.

Em Novembro de 2019 publicamos o texto; “Eleições 2020; Façam suas apostas”, onde vários candidatos tinham como objetivo ocupar a cadeira mais famosa de Caraguatatuba, localizada na Rua Luís Passos Júnior, 50, no centro da cidade, numa sala toda confortável, cercada de toda estrutura e que dela, se originam todas as ordens e estratégias visando levar Caraguatatuba para o seu desenvolvimento.

Você lembra dos nomes citados na matéria de Novembro??? Caso não é bom dar uma lida em https://contraeverso.com.br/eleicoes-2020-facam-suas-apostas/ antes de continuar este texto, pois você vai notar que foram várias as alterações e novidades. Lembrando que eram 11 candidatos e o número reduziu para nove. É bom lembrar também que as linhas de pensamento continuam: Candidatos que acreditam no seu potencial, Candidatos que desejam o fim da Política da Pescada com Farinha ou Política do Café com Leite Caiçara e os Candidatos que acreditaram que o ex-Prefeito Antonio Carlos não seria candidato.

Citando aqueles nomes de 2019 aos de hoje, podemos afirmar que Manuela Frota foi trocada por Anderson Gueiros, Léo Lima teve problemas técnicos e ficou sem partido para concorrer, Hugo Capelli foi de nem lembrado para totalmente esquecido no páreo; Dadinho desvencilhou-se de Álvaro Alencar e lançou candidatura própria, José Ernesto de forte candidato tornou-se Vice na chapa da situação, Paulo Afonso cedeu sua vaga para Luís Melo e Gílson Mendes acabou preterido por seus aliados e não está na disputa e o ex-Prefeito Antonio Carlos??? Ele realmente está inelegível e não se candidatou.

Chegando aos dias de hoje, início de Outubro, temos apenas nove candidatos e uma nova data para o pleito, transferido para 15 de Novembro por causa da Pandemia do Covid-19.

Para o Quadriênio 2012/2024 o atual Prefeito uniu o seu MDB com o PDT de José Ernesto, que confirmou ser Vice mantendo as expectativas, devido a inelegibilidade de Antonio Carlos. A chapa do atual Prefeito não divulgou o número de candidatos a Vereador, mas sabe-se que além dos partidos da coligação majoritária, terão apoio do PSD, PSC, PP, PROS, PC do B, PTB, PL, PV e alguns candidatos do Podemos de Gílson Mendes.

A grande Coqueluche das Eleições Municipais deste ano teve enfim, uma solução. Com Antonio Carlos inelegível devido a problemas técnicos jurídicos, restou a ele e a cúpula do PSDB realizar uma pesquisa de opinião para saber qual seria a melhor opção e depois de números, índices e porcentagens a escolha recaiu sobre o filho Mateus Veneziani, tendo como Vice Sérgio Braz, tido como o Coringa de Antonio Carlos quando esteve a frente do Executivo Municipal. A coligação PSDB/PSL terá pelo menos 56 candidatos a Vereador dos partidos que o apoiam; Patriotas, Cidadania, Podemos, PSDB e PSL, além de candidatos de outros partidos liberados para o apoio.

O Coronel Eduardo Stanellis concorre com chapa pura pelo seu partido, o PRTB com 20 candidatos a Vereador mais seis do PTC, 23 do PL e números não mencionados do PSB e DEM. A sua vice é Ângela Duarte ativista política ligada a Saúde e ex-candidata a Vereadora em eleições passadas. Forjado na imagem e estilo do Presidente Bolsonaro, Stanellis aposta na linha de ação do Mandatário Capitão para captar o voto e a confiança do eleitorado.

O ex-Vereador e Presidente da Câmara e Advogado Álvaro Alencar Trindade vem pelo Solidariedade também com chapa pura, tendo como Vice Ivone Caetano dos Santos e um time de 23 candidatos a Vereador. Participante nas últimas eleições, Trindade busca a Prefeitura usando o seu nome e currículo buscando o voto entre os Caiçaras mais antigos e tradicionalistas.

Outro que busca conquistar a Prefeitura é o ex-Vereador Rodoaldo Graciano Fachini – o Dadinho – que filiado a REDE montou a sua chapa de Vereadores com candidatos oriundos de antigas e tradicionais famílias locais, na tentativa de resgatar a imagem Caiçara, recolocando gente da terra no comando. Dadinho tem história política estando casado com a ex-Vereadora Madalena Fachini, sua chapa de Vereadores tem 13 integrantes e sua vice, Lucíola Ferreira representa nomes de políticos do passado como Sílvio Ferreira, Tuíra, dentre outros.

A novidade do pleito este ano é o candidato Sand Pintor, que junto com André Fernandes, o André da Padaria, filiados ao Democracia Cristã, lutam com o objetivo de conquistar a Prefeitura. Mistura de Poeta, Ecologista e Ativista Político, Sand Pintor surgiu durante as Sessões Ordinárias da Câmara Municipal, pedindo melhorias e esbravejando críticas aos Vereadores quanto aos assuntos mais polêmicos. Por incrível que pareça toda esta movimentação política não surtiu efeito perante os filiados, pois a dupla concorre este ano sem nenhum candidato a Vereador.

O polêmico PSOL está em Caraguatatuba também e concorre no Majoritário e no Proporcional, a gerência do município e vagas na Câmara Municipal. O professor Anderson Gueiros é o candidato a Prefeito pela legenda, tendo como vice Marques de Almeida, ou seja, chapa pura com apenas cinco candidatos a Vereador em busca dos quase 90 mil eleitores da cidade.

O Vereador Dennis Guerra é outro candidato concorrente ao cargo de Prefeito em Caraguatatuba, sendo outra chapa pura neste pleito, com sua vice, Carine Faria disputando pelo Republicanos. Polêmico nas questões que envolvem os animais fez parte da situação por pelo menos três anos e depois de alguns fatos políticos de extrema repercussão na cidade, tornou-se oposicionista chegando ao ponto de se candidatar a Prefeito. Estranhamente o candidato não informou o número de candidatos a Vereador pela legenda.

Finalizando o time de candidatos a Prefeito em Caraguatatuba está o PT, que dentre toda questão política em âmbito nacional dos últimos anos ainda encontra forças para tentar vagas no Executivo e Legislativo. São 14 candidatos a Vereador, tendo José Melo para Prefeito e Maíra Martins para vice.

Ao todo são 331 candidatos a Vereador. Às vésperas da eleição estão na mesa as cartas oficiais deste jogo de poder. Pesquise, discuta e analise quem merece o seu voto e aposte no seu candidato se tiver certeza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *