Qual visão podemos ter ao final de uma batalha acirrada??? Mortos, Feridos e Escombros espalhados por todos os lados, onde a vida não tem qualquer valor e o que sobrou levará muito tempo para ser reconstruído, necessitando de muito empenho para isso. Ledo engano!!! As sequelas políticas da eleição da Câmara são mais leves e simples do que se imagina. Não se engane, neste mundo de Star Wars Caiçara não há Jedis ou Lucky Skywalkers, pois todos são Darth Vader!!!

Sequela é o resultado ou consequência, a reação de uma ação. Uma parede com vazamento terá como sequela a mancha da infiltração. Um motor vazando óleo terá como sequela a sua fundição. Uma pessoa que tenha sofrido um AVC – Acidente Vascular Cerebral poderá ou não, ter várias sequelas no que tange a fala, aos movimentos, a visão, dentre outros.

Mas no caso da política existe Sequela??? Mais especificamente na Eleição da Mesa Diretora da Câmara para o Biênio 2019/2020 ocorreram Sequelas??? Penso que não visto que mesmo com algumas atitudes antiéticas os resultados e benefícios foram os melhores.

Este Biênio será o da realização de um sonho de Carlinhos da Farmácia – O Carteirão, que se utiliza da força de sua Credencial Legislativa para impor ordem e domínio – e depois de muitos anos, presidirá o Legislativo local. Ao mesmo tempo o Ardiloso Fernando Cuiú deixará de ser líder, mas continuará como amigo dos Reis e não perderá a majestade.

Devido a Eleição da Mesa a Câmara poderá trocar de dois a três nomes a partir de quatro de Fevereiro; Dennis Guerra e Flávio Nishiyama receberam convite para se tornarem Secretários e segundo consta, apenas Flávio aceitou chefiar a Secretaria de Esportes e já pediu licença do Legislativo. Guerra estuda e espera qual será o convite e o assombro foi o convite a Duda, mostrando que a batalha legislativa não passou de um bate-boca entre irmãos e que depois de reinstaurada a ordem, basta um pirulito para tudo ficar bem. No caso de Duda o assunto é mais sério, pois no caso de aceite, estará decretando o seu funeral político em 2020. O convite aos outros citados fazem parte de um plano de afastamento do convívio deles que ficaram com uma séria mágoa.

Apenas um adendo. Dennis Guerra deverá agora ser chamado de “Amigo Cão”, pois na sua concepção, quanto mais vive entre os homens, mais admira os cães, o que na verdade é o contrário, visto que recusou a chapa de Duda mas aceitou fazer parte da chapa vencedora como 2º Secretário. Já o Edil Nipônico entra para o time dos que carregam a traição em seu currículo político. Com a derrota e posterior convite, Duda passará a ser chamado de “O Fiel Traído”, algo parecido com a desilusão de quem deu tudo de si e foi apunhalado – só um pouco – pelas costas.

A liderança do Prefeito dentro do Legislativo foi outro assunto intensamente comentado nos bastidores. O primeiro convite foi feito para o Vereador Aurimar – O Acomodado – que por razões desconhecidas recusou o convite e depois aceitou. Sabe-se que sondaram Chininha – Daqui não saio, daqui ninguém me tira – e até Bagre Filho – O Mimado. Tudo levava a crer que o Vereador De Paula – O Corporativista iria aceitar, mas estranhamente, ao invés disso, pediu saída da função conquistada sem dizer a razão. Com isso podemos chamar os Vereadores Dennis Guerra/De Paula de “A dupla vice-versa”. Se você pensou no Vereador Ceará – O Perseguido – esqueça, ele não faz parte do time vencedor.

De mais a mais, excetuando-se o Vereador Celso Pereira – Pavio Curto ou Fogo de Palha – o restante da Edilidade são meras peças, simples Peões neste xadrez truncado do Poder pelo Poder, com exceção de Vilma Teixeira, que num folguedo sem entendimento, manifestou sua mudança e apoio ao grupo político dominante, visando indicações e melhoria na sua estrutura política. Como mero peão sua manifestação apenas adiantou sua futura derrota no pleito de 2020.

Em suma, lutas e batalhas, acusações, ingerências e exageros à parte, a Câmara foi, é e sempre será manipulada pela dupla poderosa que domina a política local até dezembro de 2020. Brinquedos manuseados por crianças crescidas no seu quartinho de 480 Quilômetros² que ao final de cada dia não voltam para a Caixa de Brincadeiras, ficando soltos, à deriva para voltarem a ser usados quando, como e a hora que eles desejarem.

Sendo assim, não me venham com indagações libertárias ou folguedos opinativos e muito menos demonstrações de pensamento próprio, pois isso não existe na Câmara de Caraguatatuba!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *