E o assunto não para. Continue acompanhando a Coluna Blogueando, na sua versão Bastidores Políticos!!!

 

Dinheiro Marcado

Eu já escrevi sobre isso e volto a fazê-lo. Dinheiro devolvido da Câmara não é “Dinheiro Marcado”, entrando no caixa do Executivo como qualquer outro valor pago, seja por empresa, seja por um contribuinte.

Qualquer

Em suma, dinheiro devolvido da Câmara entra no caixa da Prefeitura e serve para pagar gasolina, comprar pneu, papel sulfite, produtos para Saúde, Educação, Comunicação, etc……….

 

Marcado

É bom lembrar que Dinheiro Marcado é aquele específico de Projetos, Programas, Convênios, Associações, dentre outros. Estes valores são correspondentes aos contratos assinados para o seu uso, com uma conta aberta especificamente para eles, com a devida Prestação de Contas após a sua conclusão.

 

Nunca

Nunca, na história política deste estado e quiçá, da nossa cidade, que um Prefeito usou o Dinheiro Devolvido da Câmara para algum projeto, programa, serviço ou assunto específico.

 

Dia

No dia que um Prefeito receber devolução da Câmara e em contrapartida fizer algo citando, colocando numa placa ou anunciando oficialmente que foi com o numerário devolvido, acreditarei que a devolução do Legislativo deve ser feita, que tem uma razão de ser e que vale a pena!!!

 

Anúncio

Estávamos tratando de assunto anterior esbravejado pelo Presidente da Câmara, que recentemente anunciou que irá devolver R$ 2 Milhões no final deste ano.

 

História

Falando um pouco da história, no passado o ex-Prefeito Antonio Carlos criticou o Ministério Público, por várias denúncias oferecidas ao Fórum.

 

Renúncia

Se eu não estou enganado, o ex-Prefeito chegou a relacionar as denúncias do MP a sua gestão, quando chegou a anunciar a sua renúncia devido a carga de ações contra ele.

 

Frase

Lembro bem da célebre frase. “Tem bandido que nada sofre enquanto que Prefeito que trabalha direito é pressionado pelo MP diariamente!!!”.

 

História 1

Em décadas passadas o Ministério Público chegou a ser chamado de República, ou melhor, “A República dos Promotores”, baseado em desavenças entre a sua Jurisprudência e o relacionamento com os Magistrados.

 

Afastamento

Ainda sobre a ira do Presidente da Câmara, durante a sua fala, lembrou o pedido de afastamento dos Vereadores durante as sessões para aprovação do Empréstimo.

 

Recordando

O Contra & Verso abordou com profundidade o assunto, chegando a divulgar em primeira mão a lista dos suplentes que assumiriam, no caso de vingar o afastamento.

 

No Blogueando é assim!!! História, Informação, Análise e Opinião em grande estilo, com Ética e dentro dos padrões do velho e bom Jornalismo de cada dia!!!

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *