Bloguear 10

 

 

E o nosso papo com o Vice-Prefeito Antonio Carlos da Silva Júnior continua no Blogueando de hoje. Não esquecendo que ontem foi dia de São João, o filho Vice do pai Prefeito continua a falar com respeito as eleições e qual será o candidato do pai. Aliás, vale ler a cutucada no opositor Aguilar.

Sem

Se você acha que o Prefeito Antonio Carlos da Silva já tem o nome do seu sucessor, daquele que irá indicar nas eleições de 2016, pode tirar a manada da enxurrada. De acordo com o Vice-Prefeito o nome do candidato continua sendo uma incógnita.

Ninguém

O Vice-Prefeito deixa claro que ninguém, mas ninguém mesmo pode se dar ao luxo de dizer, afirmar ou prever o nome do candidato que será apoiado por Antonio Carlos. “Ninguém pode falar quem será, apenas ele sabe!!!”, disse AC Jr.

Ésses

Perguntado sobre quais seriam os requisitos básicos para a escolha do sucessor, o Vice-Prefeito respondeu de forma bem humorada: “Saúde, Sola de Sapato e Suor”. É a chamada ‘Fórmula dos 3 S’.

Requisitos

Logo em seguida, passada a piada e muitas risadas dadas, o Vice-Prefeito respondeu sobre a base de escolha do nome pelo pai para sucedê-lo nas próximas eleições: “Conhecer a Cidade, Conhecer Administração Pública e ter uma sólida base financeira”, ou seja, emprego garantido no caso de uma derrota.

Eliminação

Essa alegação do Vice-Prefeito mexe com o quadro sucessório por parte dos candidatos da situação, eliminando alguns e deixando outros em evidência, ou seja, afunilando, peneirando os nomes.

Filosofando

Um fato não pode ser deixado de lado. Os 8 anos de AC Jr. junto com o pai o deixaram não só um conhecedor de Administração Pública, mas um filósofo de gabarito. Comentando sobre a postura de um Agente Político a frente de um cargo após a eleição, o Vice-Prefeito saiu-se com essa: “Quando você assume o cargo, torna-se dono do problema das pessoas”.

Explicando

AC Jr. fez esta citação baseando-se no fato de que alguns Agentes Políticos usam a vitória na eleição e/ou cargo que estiver utilizando para vinganças ou controlar as pessoas, maneira totalmente errada de agir.

Peso

Pergunto ao Vice-Prefeito se além das perguntas sobre a opinião do Prefeito, se ele terá peso na escolha do candidato a sucessão, o que foi respondido de forma correta.

Perguntar

Em poucas palavras, Antonio Carlos vai debater com o filho Vice o nome que pretende indicar. Isso significa que o pai vai dividir com o filho a responsabilidade de indicar o sucessor de um trabalho político de 16 anos na cidade.

Negativo

O filho Vice-Prefeito informa que o pai Prefeito não quer falar sobre Eleição e Candidato hoje, atualmente, nestes dias, deixando o assunto para 2016 e com uma gentileza; ‘Não insista’.

2015

O assunto já foi ventilado e comentado por outras pessoas em outras notas aqui no Blogueando. O ano de 2015 é considerado dentro do grupo Antonio Carlista Tucano como ano de Trabalho e apenas trabalho deve ser falado e debatido.

Ninguém

Caso você pense que o Prefeito não fala de eleição com o seu filho Vice-Prefeito, você está totalmente correto!!! E se você é amigo, correligionário, companheiro, apoiador, simpatizante, fã ou até Servidor Público, pode ficar tranqüilo, pois ele não falará de eleição e muito de indicação de candidato com você também!!!

Silêncio

Depois de tudo isso você pergunta para o Vice-Prefeito se ele sabe o nome daquele que será indicado para a sucessão nas urnas em outubro e ele simplesmente te responde; “Não vou te dar esta informação; Não é hora de dizer o nome do candidato e essa informação não é minha, é do Prefeito!!!”.

Oposição

O papo se distancia agora do ninho Tucano e vagueia pelos lados da oposição, e sobre oposição o Vice-Prefeito argumenta que eles são fortes.

Exemplo

Quando o assunto é oposição, o Vice-Prefeito é direto e não tem meias palavras. “Um dos exemplos na oposição é aquele senhor que recentemente foi ao rádio”. Nota-se uma leve indiferença no trato com o adversário, o ex-Prefeito Aguilar que falou sobre a liberação na justiça do seu processo.

Direto

Quando indagado sobre a suposta indiferença, novamente a resposta é direta e incisiva. “Não tenho nada de bom ou de ruim com relação a ele”, frisou.

Razoável

Numa campanha política a vitória não vem sozinha ou simplesmente da indicação de um candidato. A Câmara Municipal, através de seus Vereadores é uma ótima maneira de alavancar votos dentre o eleitorado. O Vice-Prefeito acha que terá um número razoável de Parlamentares apoiando o seu candidato.

Maioria

Quanto a maioria Antonio Carlos da Silva Júnior acha difícil, mas espera conseguir durante o período de campanha.

Racha

Não perguntamos ao Vice-Prefeito se ele concorda que a base aliada na Câmara irá rachar em 2016, com a situação não obtendo a maioria de Parlamentares para extrair votos das ruas, nas comunidades, tendo em vista que será o último ano do Prefeito Antonio Carlos.

Seriedade

Sempre que podia o Vice Antonio Carlos da Silva Júnior alternava humor e expressões filosóficas com citações sobre a atual situação política na cidade ante a indicação do sucessor de Antonio Carlos para o próximo ano. “A Política tem que ser levada com seriedade”, expressou-se o filho Vice do pai Prefeito.

Chance

Se na opinião do Vice-Prefeito os candidatos pela oposição são fortes, quais dos possíveis nomes da situação, do bloco Tucano Antonio Carlista seria o dotado com mais força, com mais chances de vitória. AC Jr. não quis especificar nenhum deles, alegando que todos estão em pé de igualdade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *