Bloguear 2

 

Quando você acha que todo mundo preocupou-se com o Peru de Natal e o Tender no Reveillon em família, você descobre que os bastidores da política continuam sendo o principal interesse dos leitores e internautas do CONTRA & VERSO. Sendo assim fechar o ano publicando o Blogueando é como dar o melhor presente de Amigo Secreto para quem nos acompanhou o ano todo. Boa leitura………….!!!!

 

Furado

Uma luz brilha no fim do túnel!!!! Segundo os analistas de plantão, espalhados em pontos estratégico e conhecedores da política local, esse papo de ascensão do maléfico e possível escolha por parte do Todo Poderoso não passa de papo furado de Vereador. Deus é Pai………..!!!!!!!

 

Ficção

Consultada, uma fonte ligada ao ninho dos Alves, mais precisamente do Articulador Nivaldo Alves não acredita em alta na preferência e possível escolha do maléfico. Ainda considero o Todo Poderoso como um ser inteligente!!!

 

Rejeição

Para se ter uma ideia, o maléfico, aquele que não se deve nem mencionar o nome, tem o dobro de rejeição, estando no seu segundo mandato, se comparado a Aurimar Mansano, que está no seu quinto mandato, é tido como Vereador reeleito e ainda por cima é franco candidato a Prefeito.

 

Econômico

Na verdade são vários os motivos, todos técnicos e políticos, que explicam a não ascensão do maléfico. O primeiro seria que Gílson Mendes teria o poder econômico na sua campanha, visto a amizade e o relacionamento com diversas construtoras que atuam no município e confiam nos serviços prestados por ele ao longo dos anos.

 

Político

Por outro lado o maléfico teria o trejeito político, não sei de onde tiraram isso, o que, em tese, ajuda com o eleitor.

 

Grana

Partindo desse princípio, da nota anterior, e como é fato que o Todo Poderoso não coloca dinheiro do seu bolso quando não é ele ou alguém da família candidato, o maléfico teria apenas o trejeito político, risos ???, e não teria grana para movimentar a sua campanha. Sendo assim, com certeza o maléfico estaria descartado.

 

Facebook

E decididamente o Golbery do Couto e Silva local entrou com o pé direito na campanha. Há cerca de 20 dias Nivaldo Alves tem bombardeado as Redes Sociais com fotos mostrando seus trabalhos ao longo de muitos anos a frente da Prefeitura, principalmente no esporte. Afinal são 23 anos junto com o Todo Poderoso, além de 4 eleições mais a gestão de José Pereira de Aguilar.

 

Interpretação

E não é que esta ação de Marketing feita por Nivaldo acabou sendo interpretada não como demonstração de currículo, mas sim como uma indireta, mostrando o que pode vir por aí caso os apoios e indicações não estejam ao contento. Conseguiu entender???

 

Emissário

E para sacramentar a derrocada do maléfico, o traidor da causa, aquele que não tem serviço prestado e vive sob as aspirações da genitora/guru, a notícia final. Segundo consta um emissário do PSDB na região irá levar a informação oficial do partido, de que o maléfico não será o indicado para suceder o Todo Poderoso.

 

Anjo

Esse Anjo da Morte para alguns e precursor de boa novas para outros é nada mais, nada menos do que Ortiz Júnior, atual Prefeito de Taubaté, Tucano de Carteirinha e amigo fiel do Governador Alckmin.

 

Cabeças de Praia

No PSDB do Vale do Paraíba os Prefeitos de Caraguá e Taubaté, Antonio Carlos e Ortiz Júnior e os ex-Prefeitos de São José, Cury e Emanuel são as Cabeças de Praia do Governador Alckmin na região, pois graças a eles que o moço de Pinda tem se mantido no poder e conquistado tantos votos ao longo de sua carreira política.

 

Estrangeiro

Com isso cai por terra a teoria insana, demoníaca e esclerosada de que um Tucano de bico rosado e oriundo de Campinas iria pressionar um dos Cabeças de Praia do Governador Alckmin a aceitar o maléfico como sendo o abençoado nas eleições do ano que vem.

 

Filho

Ortiz Júnior é filho do ex-Prefeito de Taubaté, José Bernardo Ortiz. Considerado uma fera política e de votos na sua época, deixou sua marca na história de Taubaté.

 

Fera

O pai de Ortiz Júnior foi Prefeito em Taubaté 2 vezes, trabalhou como Secretário de Urbanismo na Prefeitura de Caraguá e foi Professor de Cálculo 1 no curso de Engenharia Civil da Unitau – Universidade de Taubaté, onde fez fama como um mestre que usava apostila mas proibia o uso de calculadora nas aulas e provas.

 

O Cara

Para se ter uma ideia, entre 83 e 86, quando foi Prefeito de Taubaté, ergueu e organizou um bairro em Taubaté em simplórios 3 dias. Nos seus discursos iniciava com a menção “Companheiros”.

 

Reitor

Antes de ser Prefeito de Taubaté sonhou ser Reitor da Unitau e chegou a se candidatar, mas foi barrado pelos Caciques Universitários da época. Assim como Mac Arthur disse ao ser derrotado. “Eu voltarei” e ganhou as eleições para Prefeito, tornando-se mais poderoso do que o Reitor, visto que a Unitau é uma autarquia da Prefeitura e o Prefeito exerce poder hierárquico sobre a Universidade.

 

Professor

Apenas como forma de ilustrar, quando Professor Universitário, José Bernardo Ortiz, pai do Anjo de Luz Ortiz Júnior, ministrou aulas para o atual Secretário Municipal de Obras Públicas, João Alarcon e o irmão da Secretária Municipal da Fazenda, Vicente Kawata, profissionais de primeira linha, formados pela Unitau.

 

Relembrando

Lembram-se de que falei do quanto é pesada, condimentada e politicamente incorreta certas comidas árabes encontradas na cidade??? Pois é, melhor incluir nisso tudo os contras de cara e contra produtiva.

 

Cobrança

Segundo consta tem gente em certos ambientes comerciais gastronômicos da cidade que cobra o mesmo preço do cliente para seus funcionários, sem fazer um desconto que seja e o valor é alto, fica inviável para os pobres funcionários degustarem a condimentada especiaria.

 

Marmita

Segundo soubemos os empregados do proscrito lugar levam suas próprias marmitas, compram nos restaurantes da cidade ou acionam os deliverys existentes, que além de um melhor tempero cobram um preço mais justo. Tratar seus funcionários com respeito é o mínimo que se deve fazer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *