E o mês de Agosto está finalizando, mas os comentários e as informações do que rola na política local nunca terminam, ainda mais se você lê a coluna Blogueando do CONTRA & VERSO.

 

Ideias 1

Para nós do CONTRA & VERSO, criticar por criticar é fácil, difícil é praticar um Jornalismo decente e criticar apresentando soluções e sugestões. Os maiores problemas dos Taxistas em Caraguá são o custo do combustível, as tarifas dos Telefones e o preço de mecânica, peças e acessórios.

 

Ideias 2

Um acordo com a Vivo Fixo poderia isentar todas as tarifas dos telefones dos pontos de Táxi, permitindo apenas o recebimento de chamadas e a proibição de qualquer ligação, com exceção dos números de emergência.

 

Ideias 3

A realização de uma Licitação para o fornecimento de combustível a preços abaixo de mercado para os Taxistas seria outra alternativa a ser estudada que reduziria os custos da categoria. Nesta opção apenas um posto forneceria o combustível para a categoria.

 

Ideias 4

Por fim, um estabelecimento ou vários, com base no menor preço, forneceria o serviço de mecânica, de peças e acessórios unicamente para os Taxistas da cidade. Com isso, os custos operacionais seriam reduzidos e não haveriam mais queixas quanto a manutenção dos carros.

 

Atrito

E o clima na Secretaria de Saúde não andou dos melhores nos últimos tempos. O Diretor de Saúde Gustavo Boher pediu exoneração do cargo de Diretor, mantendo-se como médico da UPA – Unidade de Pronto Atendimento. Segundo consta ele não poderia acumular as duas funções.

 

Salário

De acordo com o que apuramos, como médico da UPA Gustavo ganha simplesmente o triplo se tivesse apenas o cargo de Diretor na Secretaria. É bom frisar que Gustavo não pediu para ser Diretor, sendo nomeado pelo Secretário Amauri Soares.

 

Apoio

Nossas fontes contam que Gustavo exercia as duas funções para dar um apoio a Amauri e a Saúde na cidade e que como médico não há empecilho algum na acumulação de cargos. O fato é discutível.

 

Jogos

O Blog CONTRA & VERSO recebeu informações de que uma empresa de Gustavo Boher trabalhou durante os Jogos Regionais na cidade, prestando serviços médicos durante o evento, o que seria vedado por lei.

 

Empresa

Segundo apuração, a empresa pertence a família do médico, mais precisamente a sua mãe e irmão e ele figura apenas como Diretor Técnico.

 

Fornecimento

A empresa em si, de nome Futura, forneceu ambulância e pessoal especializado em diversos pontos onde se realizavam os jogos durante o período na cidade.

 

Licitação

A empresa foi selecionada através de pesquisa, feita por outra empresa, de nome Logos, com sede em Santos, que ganhou Concorrência do Governo do Estado para administrar e apoiar as cidades sede durante os Jogos Regionais no estado.

 

Legal

Perguntado o médico Gustavo Boher não vê qualquer problema numa empresa de sua família prestar serviço num evento como esse, pois a verba para o pagamento veio do estado e não da Prefeitura, pois se fosse o contrário seria vedado por lei.

 

Bom Senso

Este Blog carrega como premissa que qualquer pessoa que ocupe cargo público deva manter afastada a sua família da sede deste poder, como forma de afastar todo e qualquer comentário que possa vir, no caso de algum membro trabalhar, exercer função ou prestar serviço, com exceção da admissão por Concurso Público.

 

Indicação

Para justificar esta premissa é de se estranhar que dentre tantas empresas do ramo na cidade e região, a empresa de um agora ex-Diretor da Saúde municipal foi escolhida para serviços médicos durante os Jogos Regionais em Caraguá. Pelo sim e pelo não, o fato por si já surte diversos comentários e indagações.

 

Continua

E por falar em Saúde a tal gestão humanizada vai de mal a pior. Depois do imbróglio para nomear uma nova instituição para cuidar da UPA e do CEM, acabou por se manter a João Marchesi, talvez pela falta de outra empresa que desejasse entrar na cidade. Ao mesmo tempo não se vê qualquer ação que vise aumentar e melhorar o corpo clínico na cidade, onde as clínicas mais comuns continuam com poucos e reduzidos profissionais e as mais especializadas se mantêm sem nenhum profissional.

 

Demora

Ao mesmo tempo os procedimentos mais comuns como o estoque de remédios, consultas e retornos tem uma demora que ultrapassa os seis meses. Aqui mesmo na redação há familiares que esperam por um tempo longínquo um simples retorno no Cardiologista, Ultrassom e Mamografia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *