Fazer o Blogueando é fácil, basta ter a fonte certa, o olhar apurado de um Jornalista e estar sempre em contato com as pessoas influentes, bem colocadas, famosas e com um considerável peso na Sociedade. Difícil mesmo é arrumar um nome para cada coluna.

 

Cidadania 1

Fugindo um pouco dos causos da política local não podia deixar de citar e criticar um fato que tem ocorrido constantemente nas agências bancárias da cidade.

 

Cidadania 2

Diga-se de passagem que a situação nas filas para o atendimento bancário melhorou muito, pois a maioria das agências agora conta com bancos para a espera dos clientes. Imagine só uma agência cheia e você ter que esperar em pé!!!

 

Cidadania 3

O que está pegando e além de feio e errado é anti Cidadania é o fato dos clientes e usuários dos bancos retirarem duas senhas para o atendimento, ou seja, senha para o atendimento convencional e para o prioritário.

 

Cidadania 4

Primeiro que fazendo isso os computadores dos bancos apontam que a agência está lotada para o atendimento e na verdade o número de pessoas é 50% a menos. Segundo que retirando duas senhas o dito “cliente” tira a vez de outra pessoa que precisa pagar, depositar ou retirar valores, pois a senha é chamada e ninguém se apresenta.

 

Cidadania 5

Outro fato, simplesmente deplorável são as novas tendências de educação de pais para com os filhos. Uma criança simplesmente deitou no corredor de acesso aos caixas no Banco Itaú e mesmo com os insistentes pedidos da avó e sua consequente falta de pulso, não a respeitava. Triste!!!

 

Cidadania 6

Outro fato, dentro da mesma agência e no mesmo dia e hora diz respeito a um casal, com uma filha mais nova do que o garoto deitado, que ao vê-la, levantou-se e chamou a amiguinha do momento para brincar. A dupla infantil começou a correr ao redor da divisória insistentemente e aos gritos, tendo a avó e os pais da garota apenas a observar, sem esboçar qualquer reação.

 

Cidadania 7

Longe de qualquer ideologia conservadora ou antiquada, penso que o ambiente bancário não combina com crianças e muito menos crianças bagunceiras que gritam e correm em suas dependências. Para isso existem parques, praças, playgrounds e as nossas lindas praias.

 

Cidadania 8

Atualmente a Sociedade e principalmente os casais adquiriram, mantiveram e perderam alguns conceitos. Adquiriram que os filhos não devem ser educados e devem viver largados. Mantiveram a áurea da concepção, de fazer filhos para continuar as famílias e perderam o conceito que educar sem limites pode trazer grandes malefícios aos filhos.

 

Cidadania 9

Eu ouvia sempre o finado Bourabeby falar com as mães, que iam pedir apoio e ajuda a ele, carregando dois filhos pelas mãos e outro na barriga. “Fu……. é bom, quero ver é criar!!!”.

 

Ponto de Vista

Retornando a política local iremos reproduzir o que se fala ou comenta nos bastidores do poder a respeito de membros da atual administração. As opiniões se assemelham ou refletem a história política de cada um.

 

Traidores

Temos os traidores, aqueles que se voltaram contra seus pares, principalmente na gestão anterior e trocaram de lado. Segundo o meio político estes foram aceitos pelo novo grupo, mas com um pé atrás, pois quem trai uma vez pode fazer novamente.

 

Fantasmas

Há também os fantasmas ou elementos de paisagem, como dizem alguns. São aqueles que entram e saem e não são percebidos ou então são aqueles que não ocupam espaço e muito menos são notados durante uma reunião ou durante o expediente.

 

Aproveitadores

E os aproveitadores não poderiam deixar de ser citados. Fazem parte do grupo dos fantasmas e dos traidores, mas seu principal objetivo é o de aproveitar, sugar e extorquir o máximo possível de sua estada no poder, ganhando sem trabalhar, conseguindo extras onde puder e recebendo benefícios a todo momento, até os que a lei lhe garante.

 

Existem

Os personagens mencionados nas notas anteriores existem e precisam ser exterminados, mas para isso é necessário bom senso, pensamento comunitário, honestidade e visão de futuro. Estes personagens povoam todo o país assim como em Caraguá também.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *