Quem visita, conhece ou aproveita das nossas belas praias pode escolher o melhor para o seu entretenimento. O mesmo acontece no Blog Contra & Verso, onde você tem o melhor da notícia!!!

 

Cidadão 1

A Câmara concedeu honraria de Cidadão para o atual Prefeito. Alguém duvidou que isso aconteceria??? Aliás é prática comum para os mandatários não nascidos em solo Caiçara.

 

Cidadão 2

Quem ganhou também foi a famosa Luzia Barreto, esposa do também famoso Carlinhos, dono por muitos anos de uma mecânica na cidade e hoje aposentado. Dona Luzia há décadas trabalha na área social, além de ser Católica fervorosa.

 

Cidadão 3

O entusiasmado Rodrigo Tavano também receberá honraria de Cidadão Caraguatatubense, o que podemos dizer, ser merecedor, por seu trabalho a frente do Turismo na cidade.

 

Medalha

E foi aprovada também pelo Legislativo a criação da Medalha Mário Aulicino para o Esporte local. Pergunto se já existe honraria que premia os esportistas anualmente, porque criar outra honraria??? A autoria é do Vereador Farmácia.

 

Desnecessário

O Legislativo, não importa em qual esfera, seja Federal, Estadual ou Municipal, é o membro da Tríade do Poder mais combatido e criticado pela população e Meios de Comunicação.

 

Críticas

Com base nisso, porque os Vereadores e Deputados, Estaduais e Federais criam factoides políticos que certamente lhe trarão críticas??? Para aqueles que pensam em aparecer na mídia estão no caminho errado, pois ações negativas são difíceis de reverter.

 

Luminárias

A Caraguá Luz, empresa responsável pela colocação e manutenção de luminárias nas vias públicas promete instalar 13 mil lâmpadas este ano. Se conseguir cumprir a cidade vai parecer com uma árvore de Natal, o que é muito bom!!!

 

Fiscalizar

Ao invés de criar honrarias desnecessárias em áreas já existentes, os Vereadores deveriam fiscalizar se a Caraguá Luz irá realmente cumprir o prometido.

 

Fiscalização

Fiscalizar é a função do Vereador, verificando se o prometido e contratado está sendo cumprido e denunciando, seja para o Executivo e neste caso, exigindo providências ou para o Judiciário, quando nada for feito sobre o assunto.

 

Fiscalizando

Essa função, como já dissemos, é primordial na função do Legislador, que não deve usá-la de forma alguma como forma de angariar vantagens e lucros, como vemos diariamente ocorrendo em diversas partes deste país.

 

Lenda 1

Reza a lenda que certa vez, num reino distante, um senhor não estava cumprindo o determinado em contrato. Um grupo de pessoas da corte descobriu isso e determinou que deveria ser pago um soldo como forma de se calarem sobre o erro.

 

Lenda 2

Antes que o senhor daquelas paragens soubesse o que estava acontecendo o monarca avô descobriu o que acontecia e cobrou ele mesmo o seu peso em ouro para nada contar.

 

Lenda 3

Pago o suborno foi a vez do grupo ligado a corte cobrar o que havia proposto, sem saber que o monarca avô já o havia feito. Chegando lá foram colocados para fora do castelo daquele senhor, sob a alegação de que já havia resolvido com o monarca mais idoso.

 

Lenda 4

Lendas da Idade Média que se assemelham muito aos dias de hoje.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *