E o Legislativo local andou movimentado nos últimos dias, com a votação das contas do ex-Prefeito Antonio Carlos da Silva de 2004.

 

Contas

Aleluia!!! A Câmara de Caraguá enfim encontrou as contas de 2004 do ex-Prefeito Antonio Carlos que tem parecer pela rejeição por falta de aplicação do índice mínimo no Ensino Fundamental.

 

Recomendação

O Tribunal de Contas sentiu falta do relatório final do Legislativo local sobre a votação dos Vereadores deste determinado ano e por consequência, elaborou recomendação de que o período fiscal em questão fosse votado.

 

Perdida

Segundo nossas fontes as Contas de 2004 da Prefeitura simplesmente estavam desaparecidas no prédio do Legislativo, ou seja, ninguém sabe onde estava e muito menos com quem estava.

 

Wally

Chegaram a cogitar um convite para ver se o Wally, personagem de história em quadrinhos intitulada “Onde está Wally???” conseguiria encontrar este tão importante documento.

 

Rapidez

Tão logo o documento foi encontrado a Mesa Diretora da Câmara tratou de marcar a sessão para sua leitura, discussão, defesa e votação. A velocidade para marcar a sessão se contrapõem ao tempo em que o processo ficou parado e esquecido.

 

Grupo

Imediatamente foi formado um grupo nas Redes Sociais com intuito de arregimentar pessoas para comparecerem a Câmara no dia da fatídica sessão para exercer pressão psicológica nos Vereadores.

 

Rejeição

No final das contas, mesmo com ampla defesa por parte do ex-Prefeito os Vereadores mantiveram o Relatório do TCE – Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, ou seja, pela rejeição, na proporção de 10 a 5.

 

Inelegível

Com esse resultado o ex-Prefeito fica inelegível por oito anos a contar da data da publicação do resultado.

 

Dúvidas

Mediante este resultado e toda movimentação feita por causa do problema, algumas dúvidas vem a tona necessitando ser esclarecidas.

 

Porque

Há tempos o ex-Prefeito havia declarado que não iria mais se candidatar a Prefeitura, por estar cansado, por querer cuidar de seus negócios particulares e para ter mais tempo com sua família, leia-se os netos!!!

 

Candidatar

Partindo do princípio de que esta tese é verdadeira, porque lutar tanto para não ter suas contas rejeitadas???

 

Netos

Segundo fontes ligadas a família o ex-Prefeito lutou bravamente pela aprovação de suas contas para poder mostrar as suas futuras gerações que teria sido um Agente Político limpo que não deixou qualquer dívida política ou pública no seu currículo.

 

Alternativa 1

Com a suposta desistência de Antonio Carlos em concorrer a Prefeitura, alguns nomes foram mencionados como opção para concorrer a Prefeitura em 2020. Um deles é o Dr. Marcelo, advogado que foi Secretário da área social na gestão passada.

 

Alternativa 2

O nome do filho mais novo, Matheus Veneziani era outra opção, que perdeu força com a candidatura da filha Michelli a Deputado Estadual. Michelli era quem cuidava de administrar os negócios da família, seja na parte administrativa como financeira e o irmão Matheus agora vai ocupar o seu lugar.

 

Alternativa 3

Existe também a possibilidade, mesmo que a campanha de Michelli seja positiva ou negativa da filha administradora ser a candidata de oposição a Prefeitura de Caraguá em 2020.

 

Justiça

Assim como em gestões anteriores gerenciadas por ele, resta ao ex-Prefeito iniciar uma grande batalha nos tribunais, com o intuito de reverter a inelegibilidade.

 

Intenção

Pelo sim e pelo não as entrelinhas mostram que Antonio Carlos tem intenção de se candidatar novamente a Prefeitura em 2020.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *