Contos Infantis não são para Crianças

Contos Infantis

O texto de hoje é dedicado a você, que tem pelo menos 50 anos e teve suas noites embaladas por contos e histórias infantis. Por um acaso você lembra destas histórias??? Chapeuzinho Vermelho, Branca de Neve, A Bela Adormecida, Cinderela, Os Três Porquinhos, Pinóquio e por aí vai.

Se por um lado estas histórias tinham por obrigação nos entreter, por outro o seu fundo moral era o de nos orientar quanto a vários problemas, além do lado ângulo, digamos inconsciente, que tendia a outros dramas.

Vejam por exemplo: Chapeuzinho Vermelho alerta quanto a sair sozinha ou deixar estranhos entrarem em casa, Os Três Porquinhos fala sobre confiança e união, Pinóquio versa sobre ser verdadeiro e o trio Branca, Bela e Cinderela sobre Estupro, Drogas, Trabalho Escravo e Choque de Classes Sociais.

Analisando este fato enveredo por outros caminhos como as canções de ninar e me pergunto como não crescemos neuróticos ouvindo estas histórias na hora de dormir. Em resumo, a vida era mais doce e pura no passado ou nossas mentes estão mais impuras e agressivas nos dias de hoje???