A Eleição da Mesa Diretora para o próximo biênio da Câmara Municipal de Caraguatatuba configura-se como a mais disputada dos últimos tempos, seja no quesito apoio externo, seja na formação de chapas, seja até no desejo de tornar-se líder. A inscrição das chapas acontece a partir de 1º de dezembro e a votação acontece até o dia 20.

No último texto publicado sobre o assunto a situação estava da seguinte maneira: O ex-Prefeito José Pereira de Aguilar apoiava a candidatura do ex-Presidente Chininha, enquanto que o atual Prefeito, filho de Aguilar, apoia o Vereador Duda Silva, novato para a Presidência mas com conhecimento do Legislativo quando assessorou o ex-Presidente e Vereador Wilson Gobetti. Os Vereadores Carlinhos da Farmácia e Salete iniciaram a disputa pedindo espaço porém não conquistaram adeptos ou apoios.

Ledo Engano. Ao que parece tudo mudou, com o ressurgimento de antigos pretendentes e novos apoios. Um áudio vazado nas Redes Sociais, entre Aguilar Pai e Wilson Gobetti, este visto como afilhado político do ex-Prefeito garantia que o seu nome não estava sendo usado pelo afilhado para conquistar apoios e adeptos para a sua ex-Assessora, a Vereadora Salete. Ao mesmo tempo Gobetti ressaltava que manteria o apoio a sua ex-assessora e faria de tudo para que ela conquistasse a Presidência do Legislativo. Dentre o atual grupo político que domina a cidade esta gravação repercutiu muito mal, pois interpretou-se que o desejo de levar Salete a chefia do Legislativo teria mais do que apoiar uma antiga membro de sua equipe.

Por outro lado sabe-se pelos bastidores que Aguilar Pai não apoia mais a candidatura de Chininha, restando a ele apenas o Secretário de Governo Neto Bota, conhecido como “Maléfico”, que desencadeou uma série crise política dentro do atual grupo dominante e corre o risco de ser exonerado a qualquer momento, juntamente com o seu irmão, o Secretário de Turismo, Cristian Bota, chamado na imprensa de “O Secretário Me Ensina como Faz”. Ainda sobre Chininha sobram dúvidas quanto a inscrição de uma possível chapa ou manutenção de sua cadeira. Na última semana um ofício assinado pelo seu suplente, Valmir da Colônia, solicitava mais uma vez a sua vaga, devido a condenação no Tribunal de Contas da sua contabilidade quando presidiu a Licaf – Liga Caraguatatubense de Futebol.

Já a chapa liderada por Duda Silva mantêm o atual Prefeito como apoiador, aliado ao Vereador Fernando Cuiú, que é tido como organizador da chapa, que tem Duda Silva como Presidente, Cuiú como vice, Butiá como Primeiro Secretário e Vilma Teixeira como segundo Secretário. Com a declaração vazada de Gobetti, Salete ressurge como candidata junto com Carlinhos da Farmácia, conhecido como “Vereador Carteirão” e que já havia sido descartado logo no início do pleito.

Outra novidade diz respeito a função de Líder do Prefeito na Câmara, visto por alguns estudiosos como um “Traidor da Vereança”. Quando todos imaginavam estar certa a indicação do Vereador De Paula em 2019, aparecem como candidatos ao cargo os Vereadores Vandinho e Ceará, sim, este mesmo, autor do áudio desabafo por sofrer perseguição política devido a aprovação das contas do ex-Prefeito Antonio Carlos da Silva.

Com a atual situação vislumbra-se a possibilidade de inscrição de três chapas concorrentes, mas no final das contas isso não deverá ocorrer, tendo em vista os Parlamentares que já anunciaram apoio a alguns candidatos à Presidência. Resta saber quem e quantas chapas serão inscritas em 1º de dezembro e quem conquistará o cargo máximo do Legislativo na cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *