A rádio Oceânica, a mais antiga e modernizada tecnologicamente do Litoral Norte torna-se a partir da segunda quinzena deste mês a quarta integrante da rede Ótima FM, pertencente ao Comunicador Celso Portioli. As negociações tiveram início no mês passado e agitaram o meio Jornalístico da região sobre qual seria o destino da emissora.

A Rádio Oceânica nasceu como AM – Amplitude Modulada – em 1957 sob as mãos de Antonio Tepedino Pagano em 1957, tornando-se conhecida e famosa sob a administração de Carlos de Almeida Rodrigues. Em 1982 foi adquirida pelo Radialista, Jornalista e Executivo de Comunicação Roberto Vieira Espíndola, recentemente falecido, que por sua vez vendeu para o Empresário Humberto Gomes Pereira em 2006. Nas mãos de Humberto a emissora ganhou o direito de se tornar uma FM – Frequência Modulada – sendo totalmente modernizada e reinaugurada em 2019, até a venda para a Rede Ótima FM, sob o comando do Comunicador Celso Portioli, que apresenta programas no SBT de Sílvio Santos.

Toda movimentação sobre o destino da Rádio Oceânica, que além da mais antiga era a mais atualizada tecnologicamente nasceu num final de semana no início de Julho. A partir daí foram várias as expectativas, conjecturas e possíveis do que aconteceria para a emissora. Obviamente que todas as opiniões se voltaram para a classe política.

Segundo as opiniões a rádio teria sido adquirida pelo ex-Prefeito Antonio Carlos da Silva, que usaria a emissora para impulsionar a candidatura de Mateus Veneziani visando as Eleições Municipais de 2024, fato esse negado pelo próprio Antonio Carlos. Os comentários giraram então em torno dos membros da atual Administração Municipal. Primeiramente que seria o Prefeito Aguilar Júnior o mais novo proprietário e que a aquisição serviria para preparar a candidatura de seu irmão, o Vereador e Presidente da Câmara Tato Aguilar, a Deputado Estadual nas Eleições Gerais do próximo ano. As especulações não pararam por aí. O Vice-Prefeito José Ernesto Servidei tornou-se o mais novo alvo dos comentários, onde a aquisição teria como objetivo também as Eleições Municipais de 2024, quando se apresenta como candidato natural a cadeira do atual Prefeito.

De um proprietário político todos queriam saber sob qual bandeira a emissora iria funcionar. Falou-se na volta da Nativa FM, do grupo Bandeirantes de Comunicação, da Rádio Jovem Pan que também esteve em nossa região e também da Ótima FM, bem como que seria uma rádio independente, com programação estritamente local e com base política calcada no Jornalismo Regional.

O nome de Rodrigo Ponce surgiu entre as várias conjecturas como sendo o novo proprietário ou o responsável pelo grupo ou pessoa que estaria diretamente envolvida na aquisição da Oceânica. Ponce foi o Gerente Comercial da Nativa, quando a mesma esteve em nossa região pela frequência 98,5 Mhz.

Nascida em 2010 sob a batuta de Celso Portioli, com uma emissora em Pindamonhangaba. Com a Oceânica, que agora passa a se chamar Ótima FM 101,1 a emissora será a quarta componente da rede que possui também instalações em São José dos Campos e Ribeirão Preto.

Segundo o Release entregue por Ponce a redação do Blog Contra & Verso, o Litoral Norte é o cenário para o início da expansão da rede no estado de São Paulo. O texto, que pode ser considerado como uma “Nota à Imprensa” relata que a Ótima FM tem em sua grade programas como “Vale a Pena Amar”, “A Música que toca”, “Turma da Ótima”, “Queridinhas da Ótima”, “Maleta Secreta”, dentre outros. Entre os profissionais que fazem parte da rede Ótima estão Marcinha, Leyssane, Alexandre Mineiro, Leandro Mendes, Júnior Bianchini, Paulo Ricardo, Paulo Rosa e Wandy Venino. O Jornalismo de rede terá um espaço especial na grade da emissora, com informações diárias de âmbito nacional através dos Jornalistas Aline Bernardes e Nathan Cortez.

Ainda sobre a nota o Diretor da Rede Ótima, Elitte Sandri conta que o objetivo é o de aumentar o número de afiliadas a partir de 2022, que carrega o nome da Rede Ótima que tem conquistado o coração dos ouvintes em todo o Brasil, graças a uma programação alegre, dinâmica e marcante. Finaliza a Nota à Imprensa/Release que os detalhes finais sobre a Ótima FM em Caraguatatuba estão sendo feitos, com a nova programação iniciando entre os dias 12 ou 19 de agosto.

Outros detalhes sobre a aquisição, como a parte técnica e os valores que envolveram a venda não foram revelados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *