Quando esta coluna estiver sendo publicada, provavelmente será Fevereiro, ou seja, já estamos no segundo mês do ano e faltando apenas 8 para as Eleições Municipais de Outubro. Se até agora a movimentação é grande, imagine o que está por vir. Segure a emoção e administre o bom senso.

 

Meme

É quando uma expressão, atitude, fala ou sinal torna-se popular ao extremo, viralizando em todas as Redes Sociais. O Meme pode ser de humor, ódio, beneficente ou de amor.

 

Troca

Um exemplo disto é quando uma pessoa troca o nome da outra. Trocar o nome do pai da namorada, do seu chefe ou daquele jogador de futebol, agora trocar o nome de um Prefeito é coisa séria. Vocês não acham???

 

Cenário

Um dia nublado, a chuva veio logo depois, fazia calor e estava abafado na Avenida da Praia em Caraguá por volta das 11 horas. Autoridades diversas e em grande número, adicionado a pelo menos 10 viaturas policiais e uns 200 Policiais Militares.

 

Evento

Era a solenidade de início do Projeto Verão 2019/2020 com a chegada do reforço da Polícia Militar para reforçar a segurança de moradores, turistas e veranistas durante a estação mais famosa e cobiçada do ano.

 

Cerimonial

Hinos a parte, o Prefeito já havia falado e era a vez do Presidente da Câmara discursar sobre o evento. Como era um trâmite normal, tradicional e costumeiro, na verdade ninguém prestava atenção, pois todos esperavam o final para cuidar de seus afazeres.

 

A Troca

Eis que ao iniciar o seu discurso, o Presidente da Câmara cumprimenta a todos com um Bom Dia e ao olhar para o Prefeito faz a menção fatal, aquela que não será esquecida até o próximo Projeto Verão.

 

Nome Errado

Automaticamente, sem pensar, sem que tenha havido qualquer fato ou motivo que justificasse, o Presidente Carteirão ou o Projeto de Caudilho, chamou o atual Prefeito de Antonio Carlos da Silva.

 

Paralisou

Foi como se alguém tivesse gritado, que um tiro fosse disparado, que o microfone fosse bloqueado ou que o tempo tivesse parado, todos os presentes paralisaram e imediatamente olharam para o palanque de autoridades. Por 2 segundos o relógio parou e ninguém entendia o que havia acontecido.

 

Feição

Em seguida a presepada cometida pelo Carteirão o que mais chamou a atenção foi a feição do rosto de Bagre Júnior. Sua cabeça movimentou-se da esquerda para a direita e vice-versa, seus olhos mostraram indignação e seus lábios a tristeza profunda, com a plateia estarrecida pelo acontecido.

 

Desculpas

Desculpas sinceras vieram e não interessaram, parodiando Cazuza. O Presidente da Câmara continuou o seu discurso, mas com certeza ninguém que estava presente prestou atenção em suas palavras, apenas com a mais séria gafe política cometida na cidade nos últimos 10 anos.

 

Normal

Casos como este são normais, por exemplo, quando a troca de comando foi feita há pouco tempo, ou seja, se fosse janeiro de 2017 ou de 2021, igual quando se preenche o cheque em janeiro com o ano anterior, mas passados 3 anos da gestão é esquisito demais um caso desse.

 

Neurologia

A Neurologia explica que ao ler, falar, comentar ou fixar seu cérebro num evento, nome, pessoa ou momento, acabamos por mencionar o nome da pessoa que estávamos pensando, o que explica a gafe.

 

Psicologia

Os livros de Psicologia alegam que ao pensar demais numa certa pessoa, acabamos por mencionar o nome dela, pois a sua imagem fixa em nosso cérebro.

 

Percepção Seletiva

A regra da Percepção Seletiva diz que quando queremos muito algo, enxergamos apenas o nosso desejo, seja na rua, nos livros, nas revistas, na televisão. Pelo visto o Carteirão anda vendo ou lendo muito o ex-Prefeito Antonio Carlos.

 

Saudade

No jargão popular, algo me diz que o Presidente Carteirão está com uma saudade danada do ex-Prefeito, a ponto do seu nome não sair da cabeça dele.

 

Arrependimento

Você também pode imaginar que na verdade, o Presidente Projeto de Caudilho deve estar arrependido de ter apoiado o clã dos Bagres e com o coração querendo pedir desculpas, falou o nome do ex-Prefeito.

 

Piadas

O melhor de tudo foram os presentes, momentos depois da gafe, ao conversar com as pessoas participantes do evento, trocarem os nomes de seus interlocutores. Era um tal de Zé ser chamado de João, de Paulo ser chamado de Pedro, de Carlos ser chamado de Chico e assim por diante.

 

Ex-Prefeito

Por outro lado, ao saber da gafe presepada do ano, o ex-Prefeito Antonio Carlos da Silva teria dito: “Estou quietinho no meu canto e os caras não esquecem do meu nome!!!”.

 

História

Com certeza esta gafe vai entrar para o currículo do Vereador Carteirão, dando um novo apelido, o de “Vereador Presepada”.

 

Este assunto pára por aqui, porém tem mais Blogueando sobre os bastidores da política local.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *