A obrigação de um Prefeito e seu Staff é o de retribuir a confiança dada com o voto em ano de Eleições Municipais. Já falamos em uma Prefeitura sincronizada entre seus Departamentos e sintonizada com as Instituições Públicas, porém o mais importante é atender a população e nada melhor do que ouvi-la, saber seus anseios, seus planos e objetivos, conciliando progresso com um melhor atendimento.

Administrar uma Prefeitura, ou seja, uma cidade, não é apenas fazer a sua manutenção diária, cuidando de detalhes na sua infraestrutura, na Segurança Pública, Educação, ruas, jardins, vias públicas, Iluminação das ruas e por aí vai. Este é apenas um detalhe da delicada engrenagem chamada Administração Pública.

Mas os trabalhos em prol da uma cidade vem dos gabinetes, do planejamento de Secretários e ações de seu segundo escalão??? Em partes esta afirmação está correta, porém o mais importante é ouvir o que o povo deseja, pelo que ele luta e reivindica, suas aspirações.

O pensamento é óbvio e deve ser visto como prioridade. Quem realmente sabe onde estão os problemas de um bairro ou comunidade??? Por um acaso o morador do centro sabe os problemas que o Topo Varadouro tem??? O morador de Guaecá conhece o que precisa ser feito no Canto do Mar??? Certamente não, pois assim como só você sabe dos seus próprios problemas, apenas os moradores de um determinado bairro sabe o que acontece nele e o que precisa para ser sanado e solucionado.

E foi pensando nisso que recentemente o Prefeito Felipe Augusto se reuniu com as Associações Amigos de Bairro, dando voz para eles fazerem suas reclamações e solicitações, ouvindo-os para planejar e agendar as soluções de cada um. Você que lê este texto deve estar pensando; “Todos os bairros tem o mesmo problema, ouça um e terá ouvido todos!!!”. Errado quem pensa assim, pois nem todos os problemas como Transporte Coletivo, Segurança Pública, Escoamento de Águas Pluviais, Leito Carroçável, Praças e Equipamentos Públicos que estejam faltando ou precisem de reforma ou manutenção sejam iguais em todas as localidades de São Sebastião.

Mais do que saber os problemas de cada comunidade, é ouvir o povo, seus eleitores e contribuintes, pois foi através deles que o direito de administrar e gerir o desenvolvimento de São Sebastião foi dado ao Prefeito e todo o seu Secretariado e como forma de prestar contas, nada mais importante e simples do que ouvi-los, dando segurança aos contribuintes de como está sendo feito o progresso da cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *