camara-caragua_tumulto-78

 

Você já deve ter lido o texto anterior, quando abordamos os deveres do Eleitor para com o seu Vereador. Se não leu é melhor fazê-lo antes de continuar, pois este texto agora é endereçado ao Vereador e seus compromissos para com os eleitores, para quem o elegeu. Esta continuação pode ser considerada como uma Cartilha de Boa Convivência ou como a maneira mais prática de se manter no cargo, fazendo um trabalho sério e competente.

Ser Vereador é fiscalizar o trabalho exercido diariamente pelo Prefeito e seu Secretariado e boa parte deste dia a dia passa pelo plenário da Câmara Municipal, onde são discutidos e votados os projetos, tanto de autoria dos Vereadores como os enviados pelo Prefeito.

Iniciando esta tarefa simples e por vezes complicada, da vida diária de um Vereador, é bom saber que o povo aprendeu a cobrar e está sendo orientado para isso. Cobrança sobre o seu trabalho, o andamento dos projetos, sobre o seu voto. Informar a sua comunidade e respectivamente seus eleitores sobre os projetos em andamento e ouvir deles a opinião é de suma importância para votar certo e manter cada vez mais a confiança do eleitorado.

Atualizar o seu trabalho na Internet é outra prioridade que o Vereador deve ter. Se você já tem a sua página pessoal, tudo bem. Nela você posta a sua vida privada, social, o seu time do coração e suas atividades familiares, de lazer e particular. É recomendável que o Vereador crie também uma página política, onde serão postadas as opiniões políticas, seus trabalhos na Câmara, reivindicações, o seu voto, mostrando o seu jeito de trabalhar, informando a população.

Ressalto que o Vereador não deve votar ou aceitar Projetos em Regime de Urgência, apenas em extrema necessidade, pois proposituras como esta, votadas as pressas, não dão o tempo necessário para análise do Legislador, bem como o conhecimento total por parte da população, do eleitorado. Geralmente o Executivo alega que o projeto é enviado para votação com Urgência pois o objetivo ou teor da propositura, um Convênio, Projeto, Parceria ou Programa, chegou na última hora e tem prazo para ser aprovado. Nem sempre isso ocorre e na maioria das vezes, para evitar polêmica, vota-se com Urgência, no limite de prazos. Repudie sempre as votações em Urgência, pois os moradores precisam ter tempo e acesso ao conteúdo que será votado.

Não é necessário lembrar que o Vereador só está no pleno direito de sua função, graças ao voto de confiança do eleitor e para ele, tudo deve ser priorizado. Sendo assim, é sábio pensar antes de votar, que privilegiar o Prefeito em detrimento da população pode lhe gerar sequelas na próxima eleição. Lembre-se que na hora da crise política o lema é “cada um por si” e ninguém irá lhe dar a mão para ajudar, apenas o eleitor, se você tiver feito um bom trabalho ao longo de 4 anos.

Outra atribuição primordial da função de Vereador é a de ser o meia de ligação, o elo que une o povo ao Executivo, ou seja, do problema a solução. Cabe ao Vereador ouvir diariamente, sempre que ela (população) requisitar o eleitorado, seja um grupo de vizinhos, uma comunidade ou integrantes de um bairro, nos seus problemas e reivindicações. Estando noticiado dos problemas que afligem a população, caberá ao Vereador levar o problema ao Prefeito ou Secretário relativo ao caso, para a imediata solução, cobrando do Executivo uma resposta e ao obtê-la, reunir-se com o eleitorado para notificar a resposta do Chefe do Executivo. É imprescindível que esta relação entre o povo e o Vereador é a sua manutenção no cargo por mais 4 anos.

É voz corrente entre a população, toda vez que o Legislativo não vai bem, que a gestão atual é a pior dos últimos tempos. Toda gestão é a mesma reclamação, o que significa que para o eleitorado, os Vereadores não estão desempenhando bem a sua função e que a gestão anterior, tida como ruim, deixa de sê-lo em virtude da atual, ainda pior. Este é o sinal de que cada vez mais é necessário ouvir e apresentar um bom trabalho ao eleitor que confiou em você o seu voto.

Não se deve esquecer que o eleitor tem que ser recebido sempre, seja pelo Vereador, seja por um assessor e que o Legislador que trabalha corretamente, agenda uma parte do dia e da semana para ficar em sua sala. Tarefa de Vereador é correr a cidade, vistoriando obras, verificando a infraestrutura urbana e pequenos problemas no dia a dia e apontados pelos moradores.

Muitos dos Vereadores que se elegeram pela primeira vez poderão ter apenas um mandato. Basta trabalharem corretamente para que continuem na função, não apenas pelo poder, mas por serem os verdadeiros fiscais do povo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *