Sandro Matias_Construart

 

Cada época representa um momento, cada momento representa uma fase, cada fase representa um instante e este instante define toda uma linha de ação, um objetivo. Este pode ser o resumo de vida e trabalho da Construart, que tem em Sandro Matias, a sua terceira geração.

Veja bem que cada momento tem uma ideologia, uma estratégia de ação diferente das anteriores e posteriores. No caso do avô de Sandro Matias, Francisco Matias, um Lavrador que iniciava a Construart. Aquele momento pedia o nascimento de uma empresa, a sua inclusão no mercado, que o seu nome fosse conhecido e mencionado e que suas obras tivessem o dueto Qualidade com Melhor Preço. Como era uma nova empresa a concorrência era ainda maior, pois disputar com outras empreiteiras já consolidadas significava trabalho dobrado e uma esperança ainda maior de vitória.

A segunda geração da Construart ficou nas mãos de João Matias, filho de Francisco, que tinha um objetivo, uma tarefa diferente daquela dada a seu pai. Como a Construart já estava lançada, conhecida e apresentava um currículo de bons clientes para indicação, coube a João Matias aumentar o raio de ação da empresa, duplicando o leque de clientes, expandindo horizontes, saindo da cidade-sede para outras cidades da região. O momento pedia novos desafios, ou seja, ao invés de somente residências, construções e reformas, empreendimentos comerciais, com reformas, ampliações, manutenção e pinturas. Ao mesmo tempo a dupla Qualidade e Preço teria um novo aliado; a Tecnologia da época, novos produtos, equipamentos e ferramentas capazes de introduzir mais qualidade, pelo menor custo e tempo.

Finalizando temos a parte que cabe a terceira geração, comandada por Sandro Matias, filho de João Matias e neto de Francisco Matias. Como havia dito acima, cada momento pede uma fase, um instante, uma linha de ação, um objetivo. Se Francisco tinha como objetivo lançar a empresa, João Matias teve que introduzi-la no mercado e a Sandro coube a tarefa de modernizá-la, aumentar ainda mais o número de clientes, introduzindo a informática, novos equipamentos, treinamentos específicos para os empregados, novos produtos, o velho dueto Qualidade/Preço e novos elementos, como o Marketing e as Redes Sociais, que propagam o nome pelas fronteiras mais distantes da Informática.

Sandro Matias tem a responsabilidade de comandar a empresa no Século 21, onde os computadores têm a importância, o destaque e a prioridade necessária para um trabalho com qualidade, seja para um desenho primário, um orçamento emitido e preparado com rapidez ou a planta definitiva, seja no desenho tradicional, seja no sistema E-CAD e depois disso, a distribuição das fotos e do texto respectivo via Rede Social. Esta é a Construart, acompanhando a modernidade. Este é Sandro Matias, um homem interessado no seu tempo e num trabalho mais consciente e valoroso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *