Câmara Caraguá_Tumulto 75

 

Tumulto, descontrole, reclamações indevidas e ações mal sucedidas marcaram a Sessão Ordinária do dia 18 de Agosto na Câmara Municipal de Caraguatatuba, que esteve lotada de trabalhadores e Servidores Municipais, ansiosos em conseguir um emprego. Ao final nada foi resolvido e tudo ficou para ser solucionado na próxima sessão, que acontece hoje, 25 de agosto, Dia do Soldado, a partir das 19h30.

Uma semana antes da sessão da semana passada, do dia 18 de agosto, um mal intencionado panfleto foi distribuído de mão em mão e colado nos postes da cidade, informando que a Câmara Municipal de Caraguatatuba estaria aberta para o recebimento de currículos referente a empregos nas empresas que estão construindo o Contorno Norte da Tamoios. O panfleto foi negado através de Nota Oficial distribuída pelas Redes Sociais e entre os Veículos de Comunicação pela Assessoria de Comunicação do Legislativo.

Mas de nada adiantaram as ações de negação, pois no dia 18 a Casa de Leis esteve lotada, com mais de 120 pessoas presentes reivindicando o trabalho que continha no mal fadado panfleto. Houve discursos inflamados, esfuziantes, críticos e até politicamente corretos e encomendados e a falta dos Vereadores Pedro Ivo e Neto Bota.

Câmara Caraguá_Tumulto 78

Aliado a isso um grupo de ADI – Agente de Desenvolvimento Infantil, munido de cartazes e muita energia para gritar, reivindicou alterações no turno diário de trabalho, de oito para seis horas, contrariando o que diz o Edital de contratação da qual fizeram Concurso Público. Para finalizar, com nítidas intenções de apaziguar a situação, a Vereadora Vilma Teixeira elaborou Projeto de Lei direcionando as empresas que estão na cidade fazendo obras a contratarem moradores locais para os seus quadros. A propositura, mesmo que forjada em boas intenções faz referência ao Corporativismo, uma prática existente mas proibida por lei, o que certamente recebeu um parecer contrário por parte da Assessoria Jurídica da casa e um Veto do Executivo se aprovada for.

Os moradores e desempregados prometeram lotar novamente a Casa de Leis neste 25 de agosto, exigindo o Projeto de Lei aprovado e assinado com a presença do Prefeito Antonio Carlos no plenário, sem saber se o mesmo terá vontade e disponibilidade em comparecer, após retornar da viagem que fez com a família para os Estados Unidos.

Câmara Caraguá_Tumulto 80Câmara Caraguá_Tumulto 81

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *