O Deputado Estadual Antonio Carlos Júnior vai elaborar Projeto de Lei trocando o nome da Merenda Escolar por Alimentação Escolar. Mais do que a troca de um nome tradicional, o Deputado quer alterar o padrão e as regras básicas do alimento que é servido diariamente nas escolas da Rede Pública Municipal de Ensino de diversas cidades.

A Merenda Escolar é o sistema tradicional de alimentação dos alunos das escolas municipais e estaduais. Geralmente são três refeições diárias; Café da Manhã, Almoço e Lanche da Tarde dependendo do expediente de cada escola e série escolar. Em algumas cidades ou bairros a Merenda é a única refeição das crianças de famílias carentes, além da única razão de frequentar o estabelecimento escolar diariamente.

Para o Deputado Antonio Carlos Júnior o termo “Merenda” além de popular, tornou-se o significado de um reforço alimentar, algo sem qualquer qualificação, podendo ser traduzido por um simples pão com manteiga e café com leite, exemplo de refeição que é encontrada comumente em algumas escolas de algumas cidades deste estado.

A intenção do Deputado é além de trocar o nome, para “Alimentação Escolar”, é introduzir critérios alimentares específicos para cada grupo de idade e série escolar, padronizando, unificando e especificando a quantidade e introdução de calorias, carboidratos, proteínas, legumes, verduras, carnes, dentre outros em todo o Estado de São Paulo.

Antonio Carlos Júnior quer usar a sua experiência como Vice-Prefeito para definir um padrão de alimentação aos estudantes da Rede Pública Municipal de Ensino, onde carnes exóticas tinham lugar junto com um cardápio selecionado e definido para as crianças e jovens estudantes, numa base de mais de 60 mil refeições diárias.

Os números e critérios ainda não foram definidos e dependem de análise e estudo por parte de Nutricionista, sendo certo apenas que com a mudança na nomenclatura o sistema de alimentação escolar terá um padrão. “A alimentação das crianças em período escolar, sendo bem feita, garante o desenvolvimento e o crescimento com mais saúde e menos chances de doenças e problemas futuros”, disse o Deputado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *