Baseado nas novas linhas de ação do recém-empossado Comandante do CPI-1 – Comando de Policiamento do Interior 1 – sediado em São José dos Campos, o Coronel José Eduardo Stanellis de Aquino, o Litoral Norte, bem como toda Região Metropolitana do Vale do Paraíba terão mensalmente, em regiões separadas, Ações Integradas para coibir a criminalidade crescente na região. A primeira realizada no Litoral Norte teve um balanço positivo.

Uma Ação Integrada de Polícia é a união das forças de segurança baseadas na região para que juntas e de uma só vez, combatam o crime nos seus pontos principais e setores mais delicados, graças, obviamente ao trabalho de Inteligência. Se compararmos as Ações Integradas se assemelham as “Blitzkrieg” Alemãs da Segunda Guerra Mundial.

Participaram todas as cidades do Litoral Norte, seja pelas Prefeituras através da Vigilância Sanitária, Fiscalização do Comércio e Agentes Municipais de Trânsito. Fizeram parte também a Polícia Ambiental, Polícia Civil, Polícias Rodoviárias Estadual e Federal, Polícia Federal, Guardas Civis Municipais, Polícia Militar e o Batalhão de Operações Especiais da PM. Cada qual no seu setor, no seu ramo de abrangência.

Ao mesmo que os moradores de rua eram cadastrados e pesquisados, os comércios fiscalizados, as regiões de mata eram vasculhadas, as rodovias, tanto estaduais como federais que davam acesso aos locais vistoriados eram fiscalizadas, a infantaria adentrava as comunidades em questão a procura de procurados, de marginais que estavam agindo e de grupos que articulavam ações criminosas.

No total foram utilizados 260 Policiais Militares, 85 viaturas, 30 bloqueios foram feitos, 826 pessoas abordadas, quatro pessoas foram presas, além de 61 pontos de visibilidade. Dois menores foram sindicados, dois atos infracionais foram registrados, três procurados foram capturados e 13 Boletins da Polícia Militar foram lavrados, mais um crime de tráfico. O número de motoristas abordados em área urbana foi de 354, mais 186 veículos vistoriados em área urbana, além de 136 motos, um ônibus e 31 veículos de carga.

Ainda sobre motoristas e veículos, duas carteiras de habilitação foram apreendidas, um veículo removido e 57 autuados, mais 36 testes de etilômetro realizados. Os estabelecimentos comerciais vistoriados foram 44 e a quantidade de Cocaína apreendida ultrapassou os 1.2 quilos. No setor Rodoviário foram 47 condutores abordados, 28 autuados, 35 veículos e 10 motos vistoriadas, além de dois veículos de carga. No que tange ao policiamento ambiental foram oito autuações, seis Boletins lavrados, 13 Termos de Vistoria Ambiental lavrados e mais de R$ 62 mil em multas arbitradas.

O Comando da PM informa que a Ação Integrada durou das 10 às 22 horas de quinta-feira – 25 de abril – e que nesse período nenhuma ocorrência de homicídio foi registrada. Segundo o Tenente Coronel César Eduardo Ferreira – Comandante do 20º Batalhão de Polícia Militar do Interior, a Ação Integrada foi extremamente positiva e seguindo ordens do CPI-1, estes eventos serão realizados mensalmente. Para o Comandante do CPI-1, Coronel José Eduardo Stanellis de Aquino não só esta como todas as Ações Integradas realizadas até o momento foram recheadas de imenso sucesso, tanto pela fiscalização conjunta, como pelo social e pelo aprendizado de unir e trabalhar as forças de segurança de forma conjunta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *