Bloguear 1

 

Na véspera de mais uma comemoração da Revolução Constitucionalista de 1932, a coluna Blogueando, do BLOG CONTRA & VERSO conversa com o Advogado, líder político e Caiçara da gema Francisco Conceição, o filho mais politizado do finado Conceição, que formou um time de advogados, professores e profissionais dos mais variados. Candidato a Prefeito e Deputado Estadual e Federal, Chiquinho falou conosco sobre Eleições 2016.

Gostaria

O advogado e líder político Caiçara Francisco Conceição, ou, Chiquinho Conceição ou Carcará, como era conhecido nos tempos de juventude, frisou que gostaria muito de sair candidato a Prefeito no ano que vem.

Marqueteiro

Infelizmente Chiquinho alega não ter Marqueteiro a sua disposição para enfrentar uma campanha política.

Grana

Este Caiçara, filho de família tradicional e líder político nas últimas eleições municipais e nacionais informa que devido a falta de numerário, ou seja, grana, não terá como ir a busca dos votos em outubro de 2016.

Vontade

Chiquinho alega que na situação, resta-lhe apenas vontade, mas isso não ajuda quando o assunto é eleição para Prefeito em Caraguatatuba.

Liderança

Chiquinho Conceição é advogado, foi ex-Presidente do CaraguaPrev, candidato a Prefeito em 2008, candidato a Deputado Estadual em 2010 e a Deputado Federal em 2014, reafirmando o seu nome como liderança política em Caraguatatuba e no Litoral Norte.

Erro

Em 2014, devido a um erro da Executiva Estadual do PTC, perdeu os votos conquistados no pleito. A Direção Estadual da legenda esqueceu de anexar o documento de desincompatibilização da Prefeitura a pasta de Chiquinho e por causa disso, seus votos foram invalidados.

Mistureba

Para o filho mais politizado do finado Conceição toda essa movimentação em torno da escolha de quem será o candidato do Prefeito é uma simplória “mistureba”, pois eles “se misturam, misturam um com o outro”.

Algum

Conceição relatou que deseja participar do pleito de outubro, de alguma maneira, de algum modo, seja apoiando, ajudando, dando uma força ao candidato.

Condições

Chiquinho alertou para o fato de que o seu desejo de participar está diretamente ligado a um candidato que tenha condições de vencer.

Tranquilo

O advogado e líder político Chiquinho Conceição e seu irmão, também advogado, Paulo Conceição afirmam estarem filiados ao PTC e se deles for retirada a legenda, afirmam que não haverá problema. “Se perder o partido tudo bem, estou tranqüilo”, disse.

Nome

Conceição afirma que se participar da eleição, o fará mesmo que não tenha partido. “Usarei o meu nome”, afirmou categoricamente mostrando a força do seu sobrenome.

Mudo

Quando o assunto é quem será o candidato indicado por Antonio Carlos, Chiquinho Carcará fica mudo, mas antes indaga que não irá se arriscar a dizer quem será o indicado.

Furado

Sobre os possíveis custos de campanha para o ano que vem, no que tange a eleição do majoritário, Conceição fala que todos os comentários são papo furado. “Esta campanha vai ser cara”, frisa o advogado.

Benção

Quanto aos comentários de que a situação poderá lançar vários nomes ou que o Prefeito irá apoiar um ou mais candidatos, Conceição é enfático. “Só será candidato aquele que o Prefeito abençoar”, disse.

Único

Conceição adverte que pela situação só existirá o candidato indicado pelo Prefeito. “Não haverá candidato da situação em vôo solo, somente o lançado por Antonio Carlos”, frisou.

Quadro

Chiquinho mostra que como toda eleição, mesmo que afunile ou polarize, o quadro deverá ser o candidato da situação que competirá inicialmente com mais dois ou três candidatos da oposição.

Desenho

Voltei a bater na tecla do lançamento de dois ou três candidatos pela situação, como forma de pulverizar a oposição, o líder Caiçara e Advogado disse que esta pintura será o que o Prefeito desenhar, ou seja, ele escolhe como será o quadro.

Acredita

Chiquinho acredita que o Prefeito possa usar de estratégia para vencer as eleições do ano que vem, estratégia essa além do tradicional candidato que sai em busca de votos do eleitorado.

Tristeza

Ao mesmo tempo Chiquinho Conceição fica triste ao constatar que a realidade é da cidade ter apenas um líder político em voga.

Emudece

Pergunto se o Caiçara Advogado quer falar sobre nomes dos candidatos para 2016 e imediatamente silencia, não comentando quem seriam os nomes da situação ou oposição.

Agregam

Insisto na questão dos nomes e Conceição frisa que há bons pretensos pré-candidatos na cidade, que agregam valor a disputa, mas não revela suas opiniões.

Eu

Pergunto então se ele seria um bom nome para outubro de 2016. Chiquinho confessa que não pode falar dele próprio. “As pessoas é que devem dizer”, relata.

Liberado

No caso de unir as oposições em torno de um nome, de um candidato para tentar derrubar a situação, Conceição se coloca a disposição para que o seu nome seja debatido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *