Bloguear 6

 

E a coluna Blogueando é a campeã de acessos, visitas, visualizações, comentários, fofocas e despachos. Assim como aquela propaganda do biscoito, fazendo uma paródia, um Blogueando vem acompanhado de outro por que é bom de ler ou ele é de bom de ler e por isso nunca vem sozinho???

 

Apostas

E começam os comentários sobre quem vai ou não vai se reeleger na Câmara nestas eleições 2016. As apostas estão sendo feitas e o Contra & Verso logo logo dará a sua opinião sobre o pleito.

 

Problema

Quem está com sérios problemas, caso tente a reeleição em 2016, é o Vereador Baduquinha. Segundo as informações todos os seus Cabos Eleitorais deverão se candidatar a Vereança no ano que vem.

 

Focando

Eu teria dito que Baduquinha poderá tentar a reeleição para o Parlamento Municipal, pois o mesmo está focando seus destinos políticos em ser vice ou de Aurimar Mansano ou de Gílson Mendes.

 

Novidade

Quem surge nos comentários do meio político e nas previsões dos analistas de plantão é o construtor Sandro Matias, que representa a segunda geração de uma empreiteira familiar e tem muitas chances de se eleger em outubro.

 

Intranquila

Nos bastidores da política comenta-se que a situação do Presidente da Câmara com relação a sua passagem pela Licaf e o Tribunal de Contas do Estado não é lá muito tranquila e anda causando um certo desconforto ao Parlamentar.

 

Ficha

Caso Chininha seja considerado culpado no caso, pode se tornar Ficha Suja e ficar impedido por força de lei a se candidatar em 2016 para reeleição.

 

A Seco

E por falar em Chininha comenta-se a boca pequena entre uma cesta de basquete e uma bandeirinha de escanteio que o Secretário Adjunto da Secretaria de Esportes, Paulinho de Mello, irmão do Vereador, tornou-se o segundo no esporte local a contra gosto do Todo Poderoso, que literalmente engoliu a seco a indicação, por ser aliado, Vereador e no momento, Presidente do Legislativo.

 

Mudado

Quem vê uma situação dessa pensa que realmente está na hora do Prefeito aposentar, pois estaria mudado, ou seja nos velhos tempos não aceitaria essa condição de jeito algum.

 

Comparecimento

Mas voltando a falar em Esporte e no Asiático Edil, entre os esportistas da cidade os comentários só agora vem a tona e relatam que durante os Jogos Regionais, quando a delegação de Caraguá ficou 15 dias, que o nosso Adjunto ficou apenas dois dias nas terras de Hebe Camargo e o restante em local incerto que não era Taubaté.

 

Prêmio

O que mais deixou o pessoal bravo foi o fato de após o certame esportivo os participantes ganharam 10 dias de folga, incluindo o nosso Adjunto Esportista.

 

Expediente

Pelo visto Paulo Mello entrou goela abaixo e a seco de toda comunidade esportiva. Várias fontes confidenciaram reclamações quanto a horário de trabalho e falta de perfil para o cargo.

 

Pressionou

Mudando de assunto, reza a lenda que no meio político local um certo Agente Político teria pressionado a Secretária Ivy Malerba para conseguir um equipamento destinado a Portadores de Deficiência, graças ao status que possui no município, na frente de outros com mais dificuldades. A lenda conta que Ivy teria explicado mas o Agente Político teria batido o pé e pressionado.

 

Negou

Perguntada a Secretária, doce e educada como sempre, disse que tudo não passava de pura fofoca política e que nada teria acontecido.

 

Nepotismo

Recebemos uma pessoa, que pediu para não ser identificada, que nos questionou sobre Nepotismo, ou seja, quando parentes são contratados na Administração Pública. Os casos mais clássicos são irmãos, filhos, marido ou esposa, sobrinhos, tias e até pai ou mãe.

 

Confiança

É bom lembrar que ao pé da letra não existe nenhuma restrição ou proibição na forma da lei quanto a contratação de parentes, pois geralmente estes ocupam cargos em comissão, de extrema confiança.

 

Decência

Como os Agentes Políticos estavam exagerando e fazendo uma espécie de “corporativismo familiar” com o dinheiro público, apelou-se para a decência e transparência e iniciaram um combate a essa atividade política.

 

Cruzado

Mas como Brasileiro tem sempre um jeitinho para tudo, resolveu-se o problema da seguinte maneira; Um Agente Político da Câmara pede que um parente seja contratado por um Agente Político da Prefeitura e vice-versa. Dessa maneira o vínculo se mantêm e a Promotoria de Justiça não pode interceder ou processar os políticos. Isso é chamado de “Nepotismo Cruzado”.

 

Exemplos

A mesma pessoa mostra vários exemplos, alguns cruzados e outros não. Iniciando temos o Vereador Chininha e seu irmão Paulo na Secretaria de Esportes, Serjão da Sesep e sua filha Letícia na Câmara Municipal e o único exemplo de Nepotismo puro, o Vereador Lobinho e sua sobrinha, também no Legislativo.

 

Mais exemplos

Continuando os exemplos temos o Vereador Neto Bota e seu irmão Cristian na Secretaria de Turismo e o Vereador Aurimar e seu irmão Auracy na Secretaria de Meio Ambiente.

 

Ressalvas

Neste caso há ressalvas que precisam ser discutidas. Quando um parente é nomeado e o outro parente se elege pelo Legislativo, não há relação de Nepotismo, como no caso de Neto e Cristian. No caso Aurimar e Auracy o segundo tem especialização em Meio Ambiente e foi nomeado anos depois da primeira vitória do irmão na Câmara. Os casos restantes não há questionamentos.

 

Cidadão

E o Juiz Eleitoral João Mário ganhou Título de Cidadão, dado pelo Parlamentar Asiático, em cerimônia realizada recentemente. O Magistrado deixa a função eleitoral no final deste mês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *