Bloguear 3

 

E a semana continua no seu Blogueando, desta vez com os comentários a respeito da falsa postagem sobre a indicação do candidato do Prefeito, feito em desespero, na forma de Balão de Ensaio apenas para contentar o ego insano de alguns políticos.

 

Motivo

Ainda sobre o afastamento a fonte relata que isso acontecia para mostrar que a discussão ocorria sem pensar e sem saber ou explicar o porquê.

 

2016

É sempre bom lembrar que a postagem é mentirosa, pois o Prefeito anunciou apenas para 2016 o anúncio do seu sucessor para concorrer as urnas de outubro.

 

Governabilidade

Tanto ele quanto o Vice-Prefeito e boa parte dos maiores conhecedores de política e administração pública concordam que anunciar o sucessor em 2015 iria arrasar ele, com a cidade, a administração e suas pretensões políticas.

 

Razões

Anúncios antecipados iriam atrapalhar o penúltimo ano de trabalho frente a Prefeitura, poderia com o tempo queimar o suposto sucessor, haveria tempo para criticar e minar o Prefeito antes do término de seu mandato e suas conseqüentes pretensões políticas.

 

Estereótipo

Dizer que o citado na postagem falsa não se enquadra no estereótipo dos candidatos comentados como supostos a receberem as bênçãos do Todo Poderoso é como dizer que o trigo não se mistura ao joio.

 

Oficial

Depois de tudo isso faltou a versão oficial sobre a postagem mentirosa. Segundo a Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Caraguatatuba a postagem é mentirosa, é pura especulação, uma loucura total e quem a leu deve descartá-la.

 

Oficial 1

Quanto a viagem a mesma existe, mas não está relacionada ao fato.

 

Oficial 2

O desmentido, segundo a Comunicação do Executivo, foi feito em conjunto tanto pelo Prefeito como pelo Vice-Prefeito.

 

EUA

Quanto a viagem o Vice AC Júnior disse que será com toda a família, num prazo de 10 dias, para os Estados Unidos em local não informado.

 

Tour

Não espere que a família faça um tour pelo parque Yosemite, no Instituto Smithsonians, monumento a Lincoln ou ouvir um Jazz em New Orleans. Algo me diz que a família vai transitar pela Disney na Flórida, analisando investimentos em Miami e fazendo compras em New York.

 

Constitucional

Constitucionalmente o Prefeito atualmente pode se ausentar 15 dias sem precisar pedir autorização a Câmara, antes eram 7 dias. O que precisa ser analisado é o fato da ausência tanto do Prefeito como do Vice. Com a palavra os causídicos Constitucionalistas.

 

 

 

Bloqueio

E o Prefeito de Ubatuba, Maurício Moromizato teve seus bens bloqueados pelo Ministério Público Estadual devido a irregularidades no contrato com o Instituto BioSaúde.

 

Forró

Nossas fontes nos contam e reclamam ao mesmo tempo sobre a barulheira no bairro do Rio do Ouro, em decorrência de um Bingo realizado na última sexta e sábado, dias 7 e 8 de agosto. O evento teve o patrocínio, a visita e o aval de alguns Vereadores.

 

Edis

A festança barulhenta teve o patrocínio, o aval e a presença dos Vereadores Nezão, Baduca Filho, Chininha, Lobinho e Neto Bota.

 

Obrigações

Ao invés de fiscalizar o Executivo e elaborarem leis que melhorem a vida da população, alguns membros do Legislativo escolhem patrocinar festas que contrariam a Lei do Silêncio, perturbam a ordem pública e afastam cada vez mais o contribuinte do seu principal fiscal.

 

Condenação

E o BLOG CONTRA & VERSO sai na frente e com exclusividade publica Ação de Improbidade Administrativa na qual o ex-Prefeito José Pereira de Aguilar foi considerado culpado, com a perda dos direitos políticos por 3 anos.

 

Caso

O caso está relacionado com a contratação de 4 Advogados para a função de Procuradores Judiciais sem o devido Concurso Público, a qual mereceu atenção especial por parte do Ministério Público.

 

 

Procuradores

Foram contratados na época os advogados Fábio Tau, Maristela Araújo, Marcelo Conceição e Luci Machado Pinto, que foram absolvidos no julgamento do recurso da ação.

 

Derrota

O ex-Prefeito foi derrotado em primeira instância e não teve o seu recurso reconhecido, com a justiça iniciando o prazo assim que for feita a publicação do acórdão.

 

Tranqüilidade

O filho Vereador da família Pereira de Aguilar, Tato Aguilar, frisou que a ação não decorrerá em problema para a candidatura do pai mineirinho, pois a vitória no Tribunal de Justiça garante jurisprudência para este e outros processos, ou seja, a pretensa pré-candidatura Aguilar continua a todo vapor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *