BLOGUEANDO 17 – MAR – 2015

Bloguear 1

Explicação

Recebi críticas do modo a qual eu respondi a uma dona de restaurante que postou a sua comida no Facebook, a qual eu comprei e dei minha opinião. No caso eu critico que a empresária forneceu poucas batatas junto com o frango e ela responde que mandou poucas para controlar os meus carbo hidratos.

Brincadeira

A observação da empresária foi feita, com certeza com toque de humor, porém o correto não seria responder dessa maneira, mas sim que no próximo pedido irá colocar mais batatas e que foram poucas por várias razões, mas nunca responder com toque de humor.

Solene

O meu estilo pode ser do solene ao conservador, porém esta foi a minha escola e é o meu estilo de orientar, administrar e dirigir meus trabalhos. Quero com isso profissionalizar o comércio da cidade, que além de provinciano, é amador em excesso.

Apoio

A falta de apoio dos comerciantes da cidade para com a entidade de classe é inaceitável, pois a ACEC foi criada para defender e organizar a categoria. Pagar a sua entidade de classe é como pagar seguro, você só vê que fez certo quando precisa.

Cursos

Sou testemunha desse desprezo. Certa vez quis ministrar um curso para os associados e não associados. A divulgação foi feita de modo mediano e não apareceu um inscrito sequer para desfrutar do aprendizado.

Verba

Quanto a falta de verba, uma opção seria a de uma parceria. Cada vez que um comércio é registrado na Prefeitura, automaticamente se filia a ACEC e todo mês, quando pagar os impostos e taxas municipais, a Prefeitura destina verba correspondente ao valor para os cofres da entidade. Sendo assim o comerciante já se registra e regulariza, ficando associado automaticamente.

Irregulares

Na minha linha de pensamento, uma ação direta visando regularizar os irregulares ou fechá-los seria a melhor opção para resolver vários assuntos, como pontos de venda de drogas, criadouro de “bêbados” noturnos e agressores de esposas, venda de produtos roubados, irregulares ou fora das regras da Vigilância Sanitária.

Nota 10

Outra questão diz respeito a Empresa Nota 10, que ao ser divulgada, passa a idéia que a escolhida em cada setor é a melhor de sua categoria. Na verdade o Empresa Nota 10 imita a Folha no seu “Top of Mind” – traduzindo literalmente “O topo da lembrança” ou “Os mais lembrados”, ou seja, esta campanha premia aqueles que investem em publicidade para ter seu nome lembrado pelos consumidores e não necessariamente possam ser os melhores.

Questão

A questão é que a essência da campanha ainda não foi devidamente informada as pessoas e nem relatada na forma de releases ou cases, levando o consumidor para uma idéia errônea e fora da realidade a qual se destina a campanha.

Resultado

Os consumidores, pensando de forma errada, acessam os primeiros como se fossem os melhores, o que está errado.

Prorrogado

Recebemos a informação de que teria havido concorrência para os Editais e informações da Prefeitura e que um novo vencedor teria sido declarado, ao invés do já tradicional ganhador dos últimos anos. Notícia errada, a Prefeitura não realizou concorrência, apenas aditou, ou seja, prorrogou o contrato por mais 12 meses – 1 ano. Pode não ter sido a melhor opção, mas está dentro da lei.

Sapataria

Sobre a nova sapataria na cidade, consta que será uma franquia da Sapataria do Futuro. Não se sabe o local ainda, mas se você é sapateiro procure nos Classificados de O Noroeste News que você saberá para onde ligar e com quem falar.

Desconhecido

Logo se vê que a situação está ruim. Existem outras 2 sapatarias na cidade; uma próximo do CEM Madre Tereza de Calcutá e a outra na entrada do Travessão, no caminho da linha Jaraguá. O estranho é que as duas não anunciam e tem poucos clientes, muito material pronto sem retirada dos donos e pouca verba para compra de material que iria permitir a expansão dos negócios.

No Céu

E quem nos deixou no sábado foi o grande Totó, mais conhecido como “Seu Totó”, jardineiro, cuidador de plantas, o primeiro ambientalista de equilíbrio e senso da cidade. Seu corpo foi velado em casa e no Cemitério do Indaiá e seguiu no domingo a tarde para o enterro em São José dos Campos.

Ícone

Funcionário Público, político, debatedor e questionador de melhorias para a cidade, Seu Totó é mais um da velha guarda que nos deixa, rumando para o andar de cima, onde com certeza fará diferença junto ao criador, assim como fará diferença a sua falta aqui no andar de baixo.

Lembrança

Lembro bem quando certa vez , durante a minha juventude, o Seu Totó mandou podar as árvores na praça Dr. Cândido Mota. Simplesmente as árvores ficaram “carequinhas” e muita gente reclamou, achando que não cresceriam mais e conseqüentemente morreriam. Perguntado, Seu Totó disse que confiasse e esperasse seis meses depois para ver o resultado. Dito e feito, no prazo estimado a velha árvore se mostrou ainda mais bonita e frondosa, cheia de vida e com uma maravilhosa sombra para os dias de sol. Quem sabe sabe!!!!