O ano pode ter acabado mas as notícias sobre tudo que acontece nos bastidores da política local parece não ter fim!!!

 

Coleção

Para quem não sabe, este Editor que vos escreve coleciona Imãs de Geladeira, sejam eles comprados quando de nossas viagens ou doados pelos amigos que gentilmente nos trazem de suas viagens de lazer, turismo ou negócios.

 

Utilidade Pública

Esta nota é dedicada a você, amigo, inimigo, adversário, colega ou seguidor nas Redes Sociais. Caso você esteja viajando compre um imã de geladeira da cidade ou local que estiver visitando e mande me entregar, o que agradeço de antemão.

 

Anônimo

Se você não gosta de mim mas quer me dar um imã, pode fazer de modo anônimo, colocando na caixa de correio do meu prédio em meu nome, é claro, que chegará as minhas mãos.

 

Farofa

E a questão dos Turistas de Um Dia, popularmente chamados de “Farofeiros”, que já foi abordado por esta coluna no passado continua mais do que em voga, ou seja, não parou e dificilmente irá cessar se não houver uma fiscalização mais atuante.

 

Farofa 1

Antes da temporada de Verão iniciar era comum ônibus e mais ônibus “despejarem” Turistas de Um Dia na Martim de Sá. Com a temporada de Verão o despejo virou diário.

 

Farofa 2

Num domingo desses um ônibus da Rápido Campinas foi flagrado desembarcando Farofeiros na Martim de Sá. Era um tal de Cooler, Geladeira de Isopor, de plástico com os mais variados produtos dentro dela.

 

Farofa 3

Desnecessário afirmar que cada vez que um grupo deste chega na Martim de Sá, tem dono de quiosque vira saquinho de Pimenta do Reino, Chupa Limão com casca e tudo e coloca o dedo na tomada para relaxar e aliviar a raiva!!!

 

Farofa 4

No dia 11 estivemos no período da manhã na Martim de Sá para uma matéria e constatamos a quantas anda o que foi a praia mais badalada de Caraguatatuba. O assunto é sério!!!

 

Farofa 5

Por um lado a praia perdeu o seu glamour de point noturno, tornando-se mais cosmopolita, mais família, mais comercial tradicional, ou seja, apenas uma praia para dourar-se ao sol, beber, petiscar e ver as belezas naturais como femininas.

 

Farofa 6

Por outro lado, como afirmamos ao visitar na quinta-feira esta bela localidade, verificamos um grupo de pelo menos 20 pessoas, que chegaram devidamente vestidas, dirigiram-se a uma das padarias existentes e entre uma média um pão na chapa e uma coxinha, foram ao banheiro e trocaram de roupa, colocando seus calções, biquínis e maiôs.

 

Farofa 7

Ainda observando o outro lado, nota-se pontos comerciais com área de estacionamento para Vans e Ônibus.

 

Farofa 8

Encontramos vários terrenos transformados em Estacionamento para abrigar ônibus de Turismo e que funcionam apenas no sábado e no domingo.

 

Farofa 9

Vislumbramos também áreas com estacionamento para Food Trucks com local para alimentação em espaço coberto, desafiando a estrutura dos quiosqueiros existentes no local.

 

Farofa 10

O Contra & Verso é a favor da livre concorrência e das variações que o mercado exige, mas engarrafar a praia com pontos comerciais em exagero é não dar direito para ninguém ganhar dinheiro, ou seja, de anda adianta liberar para todos que ninguém ganha e todos reclamam.

 

Farofa 11

Esta é a atual gestão, exagerando na Humanização e no Popularesco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *