Hoje publicamos a segunda parte da coluna que trata sobre os bastidores do Turismo na cidade e na política local. É sempre bom lembrar que o desenvolvimento econômico do município é o investimento no Turismo.

 

Turismo 17

Digo o mesmo para outra feira, desta vez em Gramado, no Rio Grande do Sul. Imagine o que temos para oferecer dentre as cidades da Serra Gaúcha, ricas em eventos, culinária, tradições sulistas e paisagens cinematográficas. Uma ida para lá acaba se tornando mais uma viagem de férias do que de trabalho.

 

Turismo 18

Uma outra questão, que pode não estar diretamente ligada ao Turismo mas está, é a questão dos Sem Teto ou Moradores de Rua. Simplesmente o movimento deles é grande diariamente na cidade.

 

Turismo 19

Eles costumam se reunir para comer e dormir ora em frente, ora nos fundos do prédio da Vivo e não adianta a Promoção Social chegar e convidá-los para um banho, consulta, barba e cabelo, alimentação e uma cama macia que a maioria não aceita.

 

Turismo 20

Só para se ter uma ideia, na última investida da dupla Promoção/Polícia Militar, dos 19 que estavam nos fundos da Vivo, apenas um não tinha passagem pela Polícia. Taí a razão de não aceitarem a ajuda do Poder Público.

 

Turismo 21

Para tentar reduzir e acabar de vez com o problema a campanha intitulada “Não dê esmola, dê um futuro” foi lançada, com o objetivo de evitar donativos por parte da sociedade de coração mais mole e emotivo. A ideia é não dar, entregar ou doar roupa, dinheiro, comida, cobertor ou algo parecido, forçando o Sem Teto a se retirar da cidade.

 

Turismo 22

Esta campanha é encabeçada pela Prefeitura, mas tem forte apoio da Sociedade Civil Organizada, através de suas instituições.

 

Turismo 23

Para quem acha que os Sem Teto nada tem em relação ao Turismo engana-se. Na década de 80 Lisboa era a única cidade da Europa que tinha mendigos nas ruas e atualmente os mesmos desapareceram das esquinas Lisboetas.

 

Turismo 24

O Blog Contra & Verso abordou este assunto em 2015 e constatou que a maioria dos Sem Teto via como melhor opção morar na rua, dormir ao relento, fazer suas necessidades no mato e tomar banho nas fontes e chafarizes da cidade, além de receber os donativos dos moradores de bom coração.

 

Turismo 25

Voltando ao Turismo propriamente dito, recebemos informações de nossas fontes de que a atual Diretoria do Contur – Conselho Municipal de Turismo não anda lá muito contente com a atual administração, no que tange ao relacionamento da entidade com o permissionário da cadeira na rua Luís Passos Júnior, 50.

 

Turismo 26

Ao que parece a entidade vem sendo preterida, ignorada e desrespeitada pela Secretaria de Turismo, aquela comandada pelo Secretário “Me Ensina como é que Faz!!!”.

 

Turismo 27

Este é um assunto que merece todo cuidado e carinho, pois a função do Contur deve ser analisada a fundo, para que haja uma melhor organização da pasta e desenvolvimento do setor na cidade.

 

Turismo 28

A análise se faz presente para a real e final definição das atribuições do Contur. O mesmo deve ser aquele grupo que dá amém e aprova tudo que o Prefeito pensar, ou seria uma entidade que analisa, debate, questiona, supervisiona, delibera e organiza de comum acordo o Turismo na cidade??? Mensagens e opiniões serão bem vindas!!!

 

Turismo 29

Para se ter uma ideia de quanto anda a qualidade do Turismo na cidade vem do encontro dos Agentes de Viagem na região. Quem ficou em Caraguá fez sorrisinho amarelo e não gostou nada do que viu.

 

Turismo 30

Segundo nossos informantes a cidade é bonita, tem belas praias e apenas isso, ou seja, não oferece nada mais aos Turistas e nenhum subsídio para os Agentes de Viagem venderem o nosso recanto aos Turistas. Desse jeito o negócio não vai andar não!!!

 

Turismo 31

De acordo com nossas fontes até o Alto-Falante esfuziante do ex-Presidente do Contur – Rodrigo Tavano não estaria com o mesmo sorriso que carregava quando presidia a entidade. Segundo consta o moçoilo anda triste com a situação da pasta. E pensar que chegaram até a cogitar o moço para chefiar a Comunicação da Prefeitura.

 

Turismo 32

Na essência, Turismo ou praticar o Turismo é atender da melhor maneira possível o Turista, o grupo de investidores ou as pessoas ligadas ao assunto. Mostrar a Culinária local, se apresentar, estar a mesa com os convidados, estruturar a organização de um evento, mostrar os encantos e recantos da cidade, fazer com que as autoridades prestigiem os grupos, criar opções de entretenimento, repassar os dados e debater com eles as possibilidades de investimento também faz parte de uma estratégia de Turismo, e não achar que está fazendo o máximo e ver o vizinho fazer o dobro, em menor tempo e custo e com mais qualidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *