Caraguá a Gosto 2015_58

 

A 10ª Edição do Caraguá a Gosto premiou os vencedores no último 21 de setembro, em festiva animada a Banda de Jazz no Teatro Mário Covas. Aproveitando que o evento terá novos rumos e diretrizes a partir de 2016, o Site de Notícias CONTRA & VERSO aproveitou para saber qual a opinião de realizar uma “Degustação Popular” dos pratos apresentados para a população. Enquanto a Secretaria de Turismo admite a idéia como boa, os participantes ouvidos têm dúvidas e críticas quanto ao assunto.

Durante a realização da última Festa do Camarão, realizada na atual Praça da Cultura, no centro da cidade, descobriu-se através de fontes que há uma corrente na Prefeitura de Caraguatatuba que defende a idéia de uma Avant-Premiere do Caraguá a Gosto de maneira mais popular, ou seja, uma Degustação dos pratos que irão concorrer para o grande público, que por diversas razões não tem acesso aos Restaurantes participantes.

A idéia principal seria copiar a estrutura da festa do Crustáceo mais popular e amado do planeta e no final de semana anterior ao início do evento, proporcionar ao grande público a degustação dos pratos concorrentes, preparados pelos Restaurantes participantes, em pequenas porções a preços módicos e convidativos. Este evento serviria para agregar valor ao produto principal, criaria um novo evento dentro do evento principal, levaria uma imagem social ao evento principal e por um custo infinitamente menor criaria um exército de centenas ou até milhares de difusores do evento para com seus parentes e amigos.

Ainda sem saber como seria montada a estrutura e a realização desta “degustação popular”, Governo e Restaurantes participantes opinaram sobre o assunto. O Secretário Municipal de Turismo, André Procópio gostou da idéia de promover uma degustação popular e promete discutir a proposta para uma possível inserção no evento do próximo ano. O empresário Hélio Gomes, do Bar do Hélio afirma ter gostado da idéia, mas gostaria de saber mais detalhes de como será a estrutura deste evento.

O comerciante João Carlos de Oliveira – o João Caiçara, do Restaurante Caiçara, no bairro do Massaguaçu acha difícil que isso aconteça. “É interessante, mas a estrutura é dificultosa”, disse. Para João Caiçara é preciso tomar cuidado quando se pensa num evento de nível popular. O Chef de Cozinha e proprietário do Restaurante Ostra & Ouriço, André Mariano disse que o problema esbarra na estrutura. “Há muito se fala nisso, mas o problema é de estrutura e isso pode causar prejuízos”, disse referindo-se a montagem da cozinha, o preparo, o prato e seu respectivo tamanho para servir, dentre outros. O Quiosqueiro Ari Barbosa, do Quiosque Canto Bravo compartilha da mesma opinião. “Não sei se seria uma boa idéia por vários motivos. Preciso estudar mais o assunto para dar uma opinião definitiva”, frisou.

O Caraguá a Gosto de 2016 terá novidades, com a inserção do seu braço cultural, que será o Festival de Jazz e Vinhos, de 5 a 7 de agosto, com o apoio do Sebrae e as participações do Bourbon Street e da Fundacc.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *