O Prefeito de Ilhabela, Toninho Colucci realizou na tarde desta quinta-feira – 14 de Abril – Entrevista Coletiva para anunciar um balanço dos 100 primeiros dias do seu segundo mandato. A Imprensa questionou o Prefeito em diversos assuntos, onde não faltaram críticas ao Governador João Dória Júnior por suas atitudes frente ao Covid-19.

O Auditório da Prefeitura de Ilhabela esteve lotado na última quarta-feira – 14 de Abril – com autoridades e diversos Veículos de Comunicação para a Entrevista Coletiva em decorrência dos 100 primeiros dias da Gestão Toninho Colucci – 2021/2024 – quando o Chefe do Executivo Ilhéu foi questionado sobre a situação e os atos tomados no início de sua volta a vida pública.

Não faltaram perguntas com respeito a Covid-19, que ocuparam a maior parte das mais de 2h30 do evento. As medidas tomadas, os Protocolos, a situação e ocupação da Enfermaria e UTI – Unidade de Tratamento Intensivo e procedimentos como a exigência do Teste negativo para entrar em Ilhabela nos finais de semana.

A situação política do município, bem as medidas tomadas também fizeram parte do universo de perguntas dos Jornalistas, quando o Prefeito Colucci esboçou suas ações para exterminar com os atos corruptos que envolveram a gestão anterior, como a suspensão dos contratos e o cancelamento de atos que representavam gastos exorbitantes e desnecessários. O Leilão de inservíveis, o primeiro de uma estimativa de três, arrecadou num primeiro instante r$ 750 mil para os Cofres Públicos.

O Blog Contra & Verso participou da Coletiva de Imprensa pelos 100 Dias de Governo, comandada pelo Jornalista Acácio Gomes, com uma pergunta. A Redação enfatizou que todo Agente Político toma três atitudes ao iniciar a sua gestão; Um ato da própria vontade, um ato prioritário e um ato drástico. Segundo o Prefeito Colucci as medidas tomadas neste tradicional período não foram elencadas desta maneira, mas com certeza alega que a principal ação foi a de finalizar com os atos de corrupção do governo anterior, cancelando diversos contratos suspeitos, desnecessários e superfaturados que feriram o orçamento do município.

Durante a Coletiva o Prefeito Colucci não poupou críticas ao Governador João Dória com respeito a Pandemia do Covid-19. “Estranhei ver na Televisão uma propaganda do Governo Estadual relativo ao Covid e ao Instituto Butantã, onde ele afirma que ele (O Governador) está fazendo de tudo para vacinar o povo Paulista. O Governador só esqueceu que foi o Butantã e as Prefeituras, que tiveram gastos financeiros e de tempo para trazer vacinas com quantidade menor do que o necessário, em ampolas que variavam de oito a nove doses, quando o necessário seriam 10 doses. O Butantã é dos Paulistas e dos Paulistanos e não do Governador”, frisou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *