Brasão Caraguá_madeira 01

 

O Site de Notícias CONTRA & VERSO recebeu informações de que está nascendo na cidade um Movimento Apolítico, voltado unicamente para o crescimento do município, intitulado “MOVIMENTO SALVE CARAGUÁ”. Este movimento está sendo preparado por um grupo de 4 pessoas, que solicitam ter suas identidades mantidas em sigilo. A base do movimento seriam os últimos acontecimentos políticos na cidade.

Este quarteto de organizadores, segundo relatos, tem por objetivo pedir a transparência, o fim da corrupção, o progresso e o desenvolvimento da cidade, além do fim das perseguições políticas, bem como a solução de diversos problemas ocorridos desde janeiro.

O CONTRA & VERSO tem acompanhado o desenrolar das notícias e informações que chegam a nossa redação desde o dia 1º de janeiro. De acordo com o quarteto organizador, um clima de insegurança vem tomando conta da Sociedade Civil Organizada, que busca melhorias para uma melhor qualidade de vida de sua população e um maior desenvolvimento de Caraguatatuba, que tem no Turismo a principal mola mestra de sua economia.

A intenção do grupo, de acordo com seus integrantes é que nenhum partido político participe, sendo única e exclusivamente uma ação popular, dos contribuintes que lutam diariamente para manter um padrão de vida aceitável e escolheram Caraguatatuba para viver e criar seus filhos.

Desde janeiro o CONTRA & VERSO tem divulgado notícias como a perseguição política ao ex-Secretário de Assuntos Jurídicos, a condenação do ex-Prefeito Aguilar e sua ex-Secretária de Educação, Silmara Mattiazzo na ação da Mamulengo, a proibição ao ex-Secretário de Saúde Juan Lambert de trabalhar na UPA – Unidade de Pronto Atendimento e a posterior indicação e nomeação da mesma Silmara Mattiazzo na Presidência da Fundacc – Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba.

Ainda sobre as notícias e a Fundacc divulgamos o atraso no pagamento dos Servidores da entidade e a demissão de diversos funcionários com mais de 10 anos de trabalho, sendo um deles faltando apenas 12 meses para a sua aposentadoria. Os problemas na Merenda Escolar foram outro assunto abordado na tela do CONTRA & VERSO, assim como a Lista dos Comissionados e sua consequente proibição em nomear mais Servidores por ordem do Tribunal de Justiça.

Há também o corte da Carga Suplementar aos Professores, os processos do ex-Prefeito Antonio Carlos contra um semanário local e um ex-Vereador por declarações nas Redes Sociais, a rejeição de trabalho de uma Comunidade Terapêutica, o lançamento de IPTU de anos anteriores das Casas Populares, a isenção da cobrança da Taxa de Condomínio das Casas Populares e sobre o Vereador Chininha a manutenção de sua ação quando Presidente da Licaf – Liga Caraguatatubense de Futebol e sua suposta nomeação como Servidor Público. Consequentemente este veículo de Comunicação não foi convidado para uma Coletiva de Imprensa na sede do Legislativo local.

A última Sessão Ordinária da Câmara deflagrou uma série de acusações e irregularidades, através de manifestações de populares e trabalhadores, além de informações via Redes Sociais que causaram espanto e raiva na população.

Antes disso já havíamos abordado os “arrependidos políticos”, o excesso de promessas que dificilmente serão cumpridas e o atual Secretariado, falho em diversos pontos.

Resta saber se a nova mentalidade política irá imperar na cidade, onde o povo sai às ruas para protestar de forma pacífica, mas decisiva, pedindo melhorias quanto a transparência, o fim da corrupção e uma cidade mais desenvolvida. A pergunta que fica é; O povo de Caraguá irá às ruas???

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *