Praça Santo Antonio_Obra pela metade 03

 

As críticas proferidas pelo ex-Vereador Rodoaldo Graciano Fachini – Dadinho, contra o ex-Prefeito Antonio Carlos da Silva e o ex-Secretário de Assuntos Jurídicos da Prefeitura, Dorival de Paula Júnior, gerou uma Liminar com Tutela Antecipada, além de uma audiência no Tribunal de Pequenas Causas no próximo mês. O motivo teriam sido postagens na Rede Social Facebook.

Segundo informações as postagens se originaram a partir da publicação de matéria, por parte do Site de Notícias CONTRA & VERSO sobre as acusações de Assédio Moral sofridas pelo Procurador Judicial e ex-Secretário de Assuntos Jurídicos Dorival de Paula Júnior.

Com base nos comentários o ex-Vereador Dadinho teria feito críticas ao ex-Procurador sobre algumas de suas ações e decisões e ao ex-Prefeito Antonio Carlos da Silva sobre a desapropriação de uma área que originou a construção de uma praça as margens da Rodovia SP-55 e ao lado do Cemitério Municipal.

Nas críticas o ex-Vereador se refere a 2 prédios localizados em terreno ao lado do Cemitério Municipal onde a Prefeitura teria feito a desapropriação e consequente reforma para abrigar a Secretaria Municipal de Trânsito, sendo que em seguida desistiu da obra, desapropriando posteriormente o terreno ao lado para a construção de uma praça – até o momento inacabada – que arquitetonicamente incorporou-se ao Cemitério Municipal.

Praça Santo Antonio_Obra pela metade 00

Na ação o magistrado da Vara do Juizado Especial Cível e Criminal, Fábio Bernardes de Oliveira Filho deliberou que Dadinho retire todas as críticas postadas na Rede Social em 3 dias, sob pena de multa diária de r$ 500,00 além de agendar uma audiência no Juizado de Pequenas Causas para o dia 21 de março.

Segundo o ex-Vereador ele questiona o advogado quanto aos seus aconselhamentos. Em relação ao ex-Prefeito, Dadinho refere-se e relaciona as irregularidades que aconteceram em Caraguatatuba e no Brasil. O ex-Vereador afirma que vai continuar postando a sua opinião quanto as irregularidades. Ao mesmo tempo confirma que acatou a ordem judicial e retirou as postagens consideradas ofensivas e que estará presente a audiência marcada para 21 de março.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *