O Deputado Estadual Antonio Carlos Júnior/PSDB aprovou o seu primeiro Projeto de Lei na função que ocupa como suplente até 15 de março. Trata-se da propositura que altera o nome de Merenda Escolar para Alimentação Escolar com Critérios. A proposta vai agora para sanção do Governador João Dória.

O Projeto recebeu o número 017/19 e foi votado em 26 de Fevereiro – Terça-Feira – durante a 3ª Sessão Extraordinária do Tempo Adicional, com início às 19 horas e dirigida pelo Presidente da Alesp – Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo – Cauê Macris – juntamente com outros Deputados Estaduais, entre eles as principais lideranças dos partidos que compõem a casa.

A rápida tramitação, discussão, votação e aprovação se deu pelo fato da relevância do assunto e por um acordo na liderança do PSDB que reserva espaço para uma quantidade de propostas elaboradas pelos Parlamentares da legenda.

A propositura tem por objetivo regulamentar, estabelecer limites, parâmetros, ingredientes e suas respectivas quantidades nas refeições das crianças e jovens da Rede Pública Estadual de Educação. Com a aprovação do projeto, um cardápio básico será implantado delimitando quais alimentos e suas dosagens de carboidratos, proteínas, gorduras, fibras, açúcares, leguminosas, dentre outros devem ser dadas para ingestão dos alunos nos estabelecimentos educacionais em todo o Estado de São Paulo.

Para o Deputado Antonio Carlos Júnior o fato de existir a Merenda Escolar não representava nada em termos alimentícios para os estudantes. “Com a Merenda Escolar, macarrão com molho, cachorro-quente ou arroz com ovo eram colocados como alimentos prioritários, quando na verdade eram servidos sem qualquer orientação ou especificação”, disse.

Com a aprovação e sanção do Governador João Dória os jovens e crianças da Rede Pública Estadual de Educação terão uma alimentação mais saudável, com especificações, tanto dos pratos quanto da sua quantidade e benefícios aos alunos, além de ser a primeira propositura votada, discutida e aprovada em nome do Deputado Estadual representante do Litoral Norte, Antonio Carlos Júnior. “Carregarei para o resto da minha vida a honra de ter conseguido disciplinar a alimentação escolar em nosso estado”, frisou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *