O Deputado Estadual Antonio Carlos Júnior/PSDB, que cumpriu mandato tampão de 68 dias na Alesp – Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo elaborou e está distribuindo um impresso com as suas ações no período. Requerimentos, reuniões, Projetos de Lei e a Emenda de r$ 3 milhões fazem parte do documento.

Candidato a Deputado Estadual em 2014 com 55 mil votos conquistados, Antonio Carlos Júnior ficou com a nona suplência do PSDB naquele pleito, assumindo em janeiro deste ano na vaga do Deputado Marco Vinholi, que tornou-se Secretário de Desenvolvimento Regional. Com uma Região Metropolitana composta por três regiões – Vale do Paraíba, Serra da Mantiqueira e Litoral Norte – e um prazo curtíssimo, Antonio Carlos Júnior não mediu esforços para ocupar os principais espaços, encaminhar as questões prioritárias e tentar resolver os principais problemas da região.

O documento de Prestação de Contas tem inserido os principais Requerimentos e Ofícios, os Projetos de Lei elaborados e protocolizados, as reuniões realizadas com diversos segmentos e instituições da Sociedade Civil Organizada, as Emendas Parlamentares solicitadas e a Prestação de Contas Financeira do período.

Entre os principais Requerimentos e Ofícios destacam-se o que solicita ampliação do serviço de balsa entre São Sebastião e Ilhabela e a instalação de uma base operacional do DER – Departamento Estadual de Estradas e Rodagens em São Sebastião, o que altera a velocidade máxima na SP-99 – Rodovia dos Tamoios e o que solicita a doação de um imóvel sem uso em São Sebastião para instalação do Banco de Alimentos Municipal. Uma área doada em Caraguatatuba para a construção de casas pelo CDHU – Companhia de Desenvolvimento Habitacional Urbano, a instalação de um Baep – Batalhão de Ações Especiais Policiais – no Litoral Norte e a solicitação de construção de uma Escola Técnica em Ubatuba em parceria com a Prefeitura também fazem parte da Prestação de Contas.

Dentre os Projetos de Lei uma vitória; Mesmo com um curto período de trabalho o Deputado aprovou propositura que altera e disciplina a Merenda Escolar, que agora passará a se chamar “Alimentação Escolar”. Além deste foram protocolados o Família Acolhedora, a Declaração de Utilidade Pública dos Fundos Sociais das Prefeituras do Litoral Norte e respectivas instituições sociais e o que confere tratamento especial aos Agentes Comunitários de Saúde que atuam no estado.

Quanto as reuniões foram realizadas com os representantes dos Fundos Sociais e Instituições do Litoral Norte, com o Dersa, DER e com os Prefeitos do Litoral Norte junto ao Secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi. No quesito Emendas Parlamentares foram conseguidas com liberação a partir de maio de r$ 3 milhões assim divididos: R$ 300 mil para Lorena, R$ 700 mil para Caraguatatuba, R$ 1 Milhão para Ubatuba e o mesmo valor para São Sebastião.

No mesmo documento o Deputado mostra os gastos no período e a economia aos Cofres Públicos Estaduais, na casa dos R$ 87 mil. Para o Deputado foi uma Prestação de Contas transparente para um período triunfante. “Conseguimos mobilizar a nossa região, mostrando que viemos para um trabalho sério. Conseguimos fazer mais em 68 dias do que muitos Deputados em quatro anos, o que mostra a força do nosso trabalho e a nossa responsabilidade para com a população”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *