Detalhes tão pequenos de nós dois já dizia a velha música. Na Política os detalhes nunca são pequenos e atingem invariavelmente milhares de pessoas e fatos como estes o Contra & Verso não pode deixar passar!!!

 

Buzão

Dia desses tivemos que ouvir os reclamos do Vice-Prefeito sobre a colocação dos pontos de ônibus. Depois de muito conviver com os abrigos em estado lastimável, a bola da vez agora seria a incompetência da empresa vencedora da licitação.

 

Fragilidade

É espantoso observar que a culpa é sempre da indústria vencedora, do prestador de serviço que deveria honrar o dinheiro recebido a troco da vitória no certame licitatório.

 

Indústria

Está se tornando mania no Poder Público golpear e acusar os vencedores das licitações pelos atrasos na entrega dos trabalhos contratados. E olha que o Brasil é o país mais estruturado na área industrial na América do Sul.

 

Carros

Em seguida foi a vez do mesmo Vice – aquele que desejavam tirar do cargo de Secretário e não fizeram, falar dos carros abandonados nas ruas da cidade.

 

18 Meses

Depois de 18 meses enferrujando, criando mato e mosquito pelas travessas do município a Prefeitura resolveu recolher os automóveis abandonados. O pior da história é que o anúncio foi para iniciar apenas sete dias depois. Nesta gestão nada é fácil, nada é descomplicado ou imediato.

 

Expressão

O que dá agonia é ouvir o Vice falando sobre o caso de um jeito como se os carros tivessem sido abandonados na semana passada e que não haveria tolerância para com os proprietários.

 

Donos

O que se sabe é que os tais carros abandonados podem ser tudo, menos obra de seus proprietários. Informações dão conta de que o abandono se deu por donos de ferro velho e mecânicas sem lugar para armazenar e até lojas de carros descartando os mais velhos veículos.

 

Retornam

E nos bastidores voltam a borbulhar os comentários sobre a dança nas cadeiras do staff na atual gestão. Pelo visto e desta vez, não são apenas comentários.

 

Sesep

Lembra que há um bom tempo falamos que Roberti Costa estava a um pé de sair da atual gestão??? Na ocasião o decano no cuidado da cidade estava desgostoso com os rumos que o trabalho havia tomado.

 

Serviços Públicos

Estes comentários acabaram não vingando, mas não é que o Roberti Costa está saindo mesmo da Sesep!!! E ao que parece o destino do Radialista, sim ele é Radialista de Cátedra, será o da Assessoria Parlamentar.

 

História

Roberti Costa tem pelo menos 30 anos dedicados a política na região, tendo exercido o cargo de Vereador no passado, na cidade de São José dos Campos. Este currículo deixa-o apto e com láureas para exercer a função de ser o meio de campo entre o Prefeito e a Câmara.

 

Troca

Com a saída de Roberti, quem assume o seu cargo é o famoso Hugo, aquele que fez par com a Secretária de Comunicação na famosa ligação para maquiar o Teatro Mário Covas e arredores para a chegada do Presidente Temer.

 

Trocando

Muito bem. Se Roberti vai ocupar a vaga de Pardim e Hugo irá ocupar a vaga de Roberti Costa, qual será o destino de Pardim, o impugnado que foi contratado como favor político por Bagre Júnior??? Quem descobrir ganha um doce!!!

 

Adjunto

Ganhou um doce se você votou no Pardim como o novo Adjunto da Sesep!!!

 

Apresentação

E segundo nossas fontes, sempre as boas fontes, a dupla já teria até sido apresentada aos funcionários da Sesep.

 

Apresentado

Resta saber também como os Vereadores irão encarar e se relacionar com alguém que tem de política o que alguns tem de idade e que faz política de verdade.

 

Dança

E nesta dança das cadeiras, ainda não oficializada, sobrou até para o Turismo e para o seu Secretário, aquele que nada sabe e tudo pede para a ele ensinar, o qual estaria com um pé fora da sede na avenida da praia.

 

Sem Opção

O pior da história é que segundo consta, não estão encontrando ninguém para ocupar o cargo!!!

 

Opção

Se eu pudesse opinar indicaria o Rodrigo Tavano, e acho que já fiz isso em colunas anteriores, por ser o mais indicado no momento para assumir o cargo.

 

Empolgado

Mais empolgado do que estruturado para assumir a função, Tavano pelo menos tem conhecimento sobre o assunto, vontade de trabalhar e um amor pelo Turismo que não se vê na maioria das pessoas.

 

Falta

Obviamente falta indicar alguém que se faça ouvir perante o atual grupo político, que entenda haver a necessidade de parcerias de igual teor no Turismo, que cobre e exija a real parcela do Poder Público neste assunto e que olhe em cada canto, em cada ação e suspiro com uma visão de Turismo e saída financeira para a cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *