A vida no meio urbano está cada vez mais difícil, pois além da interação com os grupos está a dificuldade de manter uma cidade afinada e sintonizada com os problemas e suas soluções. Você já parou para pensar que um município não anda ou vive sozinho??? Obviamente é necessário alguém com conhecimento e preparo para isso e um exemplo disto é Felipe Augusto à frente de São Sebastião.

Velhos ditados como “Por trás de um grande Homem existe sempre uma grande Mulher” ou quando os atores dizem que “Não se faz nada sozinho” são corretos e aproveitando o momento e os parodiando, afirmo que “Nenhuma cidade anda sozinha!!!”. Parodiando e contradizendo!!! Você já deve ter ouvido falar que a cidade X ou Y não precisa de Prefeito, pois anda sozinha. Pura Balela!!!. Ninguém anda ou faz algo sozinho, pois é necessário, obrigatório e prioritário que alguém esteja no comando, dando as regras, conduzindo as diretrizes, ordenando o planejamento para que a população esteja no agrado e que o dinheiro público seja gasto da melhor maneira, ou seja, menos valores e mais benefícios.

Em São Sebastião a regra não difere do tradicional, pois para que os Serviços Públicos, as Autarquias e os Terceirizados estejam sintonizados, Up to Date, como é dito na linguagem de Informática, é extremamente necessário que alguém esteja no comando, ordenando e disciplinando as prioridades e os problemas a serem resolvidos.

Nas terras Sebastianenses tudo que é feito passa pelo crivo ou controle do Prefeito Felipe Augusto. Falando melhor, quando a Prefeitura cria, resolve, faz, conserta, prepara ou realiza, isto é feito sob a tutela, os olhos e o desejo do Prefeito Felipe Augusto, que foi eleito por seus concidadãos, que obteve um voto de confiança para dirigir os destinos do município por quatro anos.

Já sei o que você deve ter pensado ou está falando. E quando algo sai errado, a culpa é do Prefeito??? Quando não dá certo o erro é da Prefeitura ou do Prefeito??? Obviamente o erro é de ambos, pois venhamos e convenhamos, ninguém é perfeito e um erro pode estar relacionado a intempéries ou imprevistos que ás vezes são difíceis de contornar, mas com certeza teve a mão do Prefeito, no caso Felipe Augusto, que consequentemente recebe a culpa pelos erros e as glórias pelos acertos. Quando o assunto é erro me faz lembrar um velho ditado do Futebol. “O Centro Avante perdeu o gol porque é ele que está na frente do goleiro, brigando com os zagueiros. Somente ele faz os gols e também pode perde-los!!!”

Não é preciso escrever mas é sempre bom lembrar que por trás de todas as realizações existe a figura do Prefeito, do Chefe do Executivo que comanda os Servidores Públicos em todas as ações que visem uma melhor qualidade de vida para o povo Sebastianense. Eu costumo dizer que “Administração Pública é como ter um Revólver com seis balas e seis alvos para atirar. Você não pode errar o alvo e muito menos dar dois tiros no mesmo alvo”.

Vejo neste cenário de liderança e comando uma ação medida e equilibrada, onde a necessidade de acerto é extremamente maior e mais perseguida do que o ocaso dos erros, que podem ocorrer. Equilibrada pois assim como o Amor e o Ódio, separados por uma ínfima camada, erros e acertos andam lado a lado e apenas o preparo e a experiência é que diferenciam o Sucesso do Fracasso.

A partir de hoje pense bem quando perceber o desenvolvimento e as melhorias da sua cidade, da sua São Sebastião, pois por trás dela está a decisão e a responsabilidade do chefe em comando, do Prefeito Felipe Augusto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *