Existe humor nas Praias Caiçaras??? Ou melhor, existe algum Caiçara com humor??? Vou explicar melhor, existe algum Caiçara que faça humor, que faça as pessoas rirem e se divertirem de momentos engraçados??? Este é o objetivo de Roy Degrossoli que há três anos tenta criar o costume do bom humor, o humor saudável nas noites de Caraguatatuba, além de descobrir humoristas que vivam na cidade e gostam de divertir seus vizinhos.

Roy Degrossoli não tem as feições de um galã televisivo e muito menos aparenta ser engraçado quando conversa com você, mas basta contar alguns causos para você não parar mais de rir, as expressões de seu rosto mudam e você se coloca dentro da situação e a risada é automática.

Com 40 anos de idade e nascido em Osasco, Degrossoli passava os Feriados em Caraguatatuba com a família porém a cidade tornou-se a primeira residência com a aposentadoria da mãe e para Roy a sua moradia fixa quando ela adoeceu, tornando-se o seu cuidador. Degrossoli está há três anos em Caraguá, já morou no Rio Grande do Sul e em Campinas e há 12 anos vive de Stand Up Comedy, a nova versão do velho e simples humor para plateias.

Do velho amigo piadista nos jantares, churrascos e reuniões de amigos e familiares a profissionais como Ary Toledo que contavam piadas e outros, como Jô Soares, Chico Anísio que já praticavam o Stand Up Comedy – SUC – desde os anos 1960 o gênero sempre esteve presente na vida do brasileiro, sem o modismo e o marketing do modelo americano.

Segundo Roy o Stand Up Comedy começou nos Estados Unidos nos anos 1930, sendo que o seu formato atual vem dos anos 2000. Nos EUA quem faz SUC é Ator, Roteirista e além dos shows escreve para o Cinema e a Televisão, além de participar atuando. No Brasil apenas humoristas fazem SUC, sendo Diogo Portugal o mais antigo no país nesta prática.

Para aqueles que pensam ser o Stand Up Comedy uma prática batida, em desuso, Degrossoli desmente, alegando que este estilo se renova a cada dia e que o problema vem do número de comediantes e da falta de conhecimento sobre estes profissionais, além obviamente, a qualidade destes comediantes é a principal diferença.

Com o intuito de criar o hábito da comédia e do bom humor em Caraguatatuba, Roy Degrossoli criou a Casa da Comédia, localizada no bairro do Sumaré, sendo um bar típico e tradicional, onde a Comédia é o carro chefe, pela falta deste hábito na cidade entre os moradores. Para chegar onde está atualmente, Roy começou no Teatro Escola Sotac, na cidade de Campinas, sendo locutor na Fundass – Fundação Cultural de São Sebastião.

Com três anos de idade o Bar Comédia, localizado na Rua Siqueira Campos, 1240 ainda não dá o resultado esperado em termos financeiros, porém a ideia é compartilhar um local agradável para beber e se divertir, com apresentações de humor e com o objetivo de conhecer e abrir espaço para o Comediante local, um Comediante Caiçara.

Falando sobre Comediantes Profissionais, o Bar Comédia já trouxe Jansen Serra, Pial, Márcio Américo, Guto Andrade e os humoristas locais do “Batuíra Comedy”, formado por Léo Duarte, de Ilhabela; Douglas Bodão e Márcio Frias, ambos de São Sebastião e Welder Gigante, de Caraguatatuba. Este grupo genuinamente Regional tem feito apresentações esporádicas e foram resgatados ao longo dos três anos de vida do Bar Comédia.

Para entender o que é o Stand Up Comedy, é quando você transforma um texto em piada, ou seja, quando você se alonga no conteúdo. Já a piada em si, pura e simples é curta e tem uma “quebra”, o fora do comum. Um exemplo seria esta piada: “Marido e Mulher estão na hora do sexo e a esposa pede para ser ofendida, para que seja dito algo sujo. Aí o marido responde; Praia do Porto Novo!!!”.

Segundo Roy o Comediante de SUC precisa ter o controle da situação, precisa conhecer a plateia, além da necessidade de ter material de arquivo e conteúdo para mudar o tom quando necessário. “Se você conta uma piada e sente que o público não riu, é necessário mudar o ritmo da apresentação, como por exemplo, de piadas sobre Português para piadas sobre Caipiras”, frisou.

O Bar Comédia costuma ter apresentações às sextas, sábados e domingos, sempre às 20 horas, variando entre Entrada Franca a preços módicos, podendo ser acessado através do link: https://www.facebook.com/groups/1401926680112836/user/100001366304737 .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *