As articulações, mesmo com atraso não param e deverão se intensificar cada vez mais até culminarem com as Convenções partidárias em junho. Ressalto que uma boa preparação exige tempo, pois irá lhe causar menos sequelas.

 

Votação

E o ano político terminou na Câmara Municipal com a votação do Orçamento em segundo turno. Nada de novo no resultado, que copiou a votação do primeiro turno, ou seja, a oposição votando em peso contra.

 

Vias de Fato

A questão é que a sessão não se resumiu a votação, onde a oposição reafirmou os seus propósitos e a situação nadou de braçada. Foi o final da sessão que agitou as galerias ou, como diz o Presidente Carteirão, a “Assistência!!!”.

 

Cutucadas e Provocadas

O imbróglio começou assim. Uma certa pessoa, que trabalha na atual gestão e tem um belo salário, aliado a uma gorda gratificação, enalteceu a vitória da situação contra a oposição.

 

Pitaco

Outra certa pessoa, deu um pitaco em cima do elogio, dizendo ser óbvio privilegiar a Prefeitura ganhando o que ganha mensalmente.

 

Terceiro

Uma terceira pessoa ouviu o pitaco da segunda e emendou outra opinião. E foi aí que a calda queimou!!!

 

Replicou

A primeira pessoa ficou nervosa com o pitaco da segunda pessoa e foi tirar satisfações. A partir daí você já imagina o que teria acontecido. Chutes, socos, pontapés, xingamentos, separa daqui, não briga não dali e por aí vai.

 

Polarização

Esse é o resultado da polarização política que vive não só Caraguá, mas todo o país, adicionando a isso uma boa dose de intolerância.

 

Fim

Em suma essa violência tem que acabar. Opiniões e situações são normais no dia-a-dia das pessoas e da política como um todo. Se você ganha muito bem, alegre-se e faça por merecer todo o dinheiro que ganha.

 

Contrário

Se você que ganha um obeso salário acha que irá agradar a todos é o mesmo que afirmar que a atual gestão é o supra sumo da população!!! Viva e conviva com isso, com os contrários e críticos e acima de tudo, faça por merecer o que vultuosamente recebe mensalmente.

 

Reflexo

Aliás se formos analisar essa violência, a mesma tem um reflexo sério e de dentro do Legislativo.

 

Presidência

O atual Presidente do Legislativo, o famoso Farmácia – O Carteirão – e agora “Projeto de CaudilhoTupiniquim” é a prova cabal de toda falta de sutileza e boas relações.

 

Expressões

Expressões como “Quem manda aqui sou eu!!!”, “Cala a Boca!!!”, “Vou chamar a Polícia para tirar você daqui!!!”, são alguns exemplos da direção Legislativa, que continua até dezembro do próximo ano.

 

Mas o Blogueando não é apenas retratar más influências. Acompanhe que vem mais de política por aí!!!

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *