Dando sequência as colunas anteriores que falaram sobre a mudança no Secretariado, o assunto de hoje será o restante dos comentários sobre as alterações realizadas, bem como o troca-troca na Fazenda Pública, onde o ator principal é o Ex-Super Secretário Ricardo Romera.

 

Secretariado

Ainda sobre o Secretariado da gestão Bagre Jr. o atual momento mostra que esta engrenagem anda meio “manquetola”.

 

Figurante 1

Na Secretaria de Esportes Flávio Nishiyama continua como figurante de luxo, pois as decisões continuam sendo feitas pela Chefia de Gabinete.

 

Figurante 2

Outro figurante de luxo é o agora Adjunto do Turismo, Cristian Bota – O Secretário Me Ensina como Faz – que já não apitava como Secretário e agora muito menos como Adjunto.

 

Mantido

Na verdade Cristian só se mantêm no cargo graças ao parentesco com o inelegível Maléfico, aquele que carrega o sonho materno e mostra-se cada vez mais instável quanto ao seu direcionamento político.

 

Habitação

Na Secretaria de Habitação o caso é antigo e tem com o Kinkas o principal protagonista, pois nem Adjunto é e tem mando total sobre a pasta, chegando ao ponto de desbancar Carlos Cogo, aquele que buscou um lugar ao sol.

 

Saiu

E o Super Secretário Ricardo Romera abandonou o traje da cueca por cima da calça, igual ao Super Homem e deixou de ser o tal, a última cocada do pacote na gestão Bagre Jr. Atualmente é o Adjunto da Fazenda Pública.

 

Histórico

Romera começou a gestão como o Supra Sumo do Staff Municipal, ocupando simultaneamente as Secretarias da Administração e Fazenda. Não é a toa que ganhou o apelido de Super Secretário.

 

Críticas

Romera ao longo desta gestão ganhou críticas e mais críticas por ocupar 2 Secretarias ao mesmo tempo, chegando a ter processos na Justiça pelo duplo comissionamento.

 

Fazenda

Nos últimos meses Romera vinha ocupando apenas a Secretaria da Fazenda, mais conhecida como Secretaria Municipal de Finanças. No seu lugar estava Pedro Ivo Tau e atualmente José Beghini.

 

Saída

A Saída de Romera se deu no final de Novembro e desde o início de Dezembro quem ocupa a pasta era o seu antigo Adjunto, Nelson Hayashida, mais conhecido como China, apelido que considero como sacanagem, visto que o sobrenome é de origem Japonesa!!!

 

Frente

Uma prova disso foram as vezes que o China esteve na linha de frente da Prefeitura nas Audiências Públicas sobre o Orçamento 2020 na Câmara e em alguns pontos da cidade.

 

Defendendo

É verdade que o projeto do Orçamento não foi feito por ele, mas sim teve a sua participação e o grande problema foi tentar defender a inclusão dos tais R$ 100 Milhões no projeto, que tanta briga gerou por parte da oposição.

 

Brigadores

Infelizmente não convenceu na tentativa de defender, ainda mais quando os críticos foram ferozes quanto ao assunto e as perguntas eram dirigidas a ele. Um exemplo disso foram as indagações do ex-Presidente da ACE – Associação Comercial e Empresarial de Caraguatatuba – Sthênio Pierrotti.

 

Última Forma

E na conclusão desta coluna tivemos a confirmação de que Romera não é mais o Adjunto, mas sim pediu exoneração da função que esteve a frente desde 2017, mas o assunto não pára por aí…………!!!

 

Esta coluna continua……………..!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *