Festival do Camarão é demonstração de Amadorismo

Festival do Camarão

Se o mês de Maio marca o fim do Defeso do Camarão, o mês de Junho é marcado, além das festas Juninas – Santo Antonio, São João e São Pedro, pelo tradicional Festival do Camarão. Grande coisa!!! Se para você o evento é motivo para sair de casa, encontrar as pessoas, fazer fofoca da vida alheia e voltar para casa reclamando, para mim a Festa do Camarão é uma das provas do amadorismo do Turismo e da falta de criatividade em fazer do acontecimento por parte da Prefeitura, fator de referência na região.

Escrevendo este texto percebo que estou sendo muito agressivo e maldoso quanto ao assunto. Não podemos deixar de parabenizar a Prefeitura, por ter retirado a Festa do Camarão da podridão fétida do Camaroeiro, onde a tríade pé na areia disforme, cheiro de esgoto e espaço apertado foi trocada pela Praça de Eventos da Praia do Centro, local estratégico, com piso de concreto, bem localizado e com o tradicional odor de maresia.

Antes de apresentar minhas contra razões quanto ao assunto, vamos analisar a situação feita há anos. O Festival do Camarão que reúne os pescadores e entidades sociais do município numa festa para homenagear o mais famoso crustáceo do planeta azul. Com o apoio de grupos musicais são montadas barracas que fazem pratos onde o ingrediente principal é o Camarão. Bem, na verdade o assunto é outro. O que acontece são barracas que produzem o mesmo prato, repetindo a receita e transformando o evento numa piada.

Mas o que deveríamos fazer??? Simplesmente usar de profissionalismo para transformar a festa num evento turístico, de referência na região, de forma profissional. Comece escolhendo quantas entidades ou famílias de pescadores irão participar, em seguida, escolha as receitas pela quantidade respectiva de barracas com base na pesquisa dos nutricionistas da Prefeitura.

Só para se ter uma idéia, usando o Camarão podemos fazer receitas como Camarão ao Catupiry, a Grega, Risoto de Camarão. Strogonoff de Camarão, Empada de Camarão, Espeto de Camarão, Torta de Camarão, Camarão a Paulista, Acarajé, Pastel de Camarão, a Belle Meniere, Pizza de Camarão, Bolinho de Camarão, Hambúrguer de Camarão, Acebolado, Refogado com Legumes, Macarrão com molho de Camarão e por aí vai. Só neste parágrafo o Blog Contra & Verso apontou 17 receitas. Qual seria a receita do sucesso???

Escolhidas as receitas e definidas as entidades participantes o passo seguinte é o mais simples; Sorteie a entidade e sorteie novamente a receita que esta entidade vai preparar e servir no evento. As nutricionistas da Prefeitura darão todo o apoio e orientação para a elaboração dos pratos.

Para evitar que algumas barracas vendam mais do que outras a organização do evento pode definir três níveis de preço ou então um preço fixo para todos os pratos, pois vender os produtos citados cada um com o seu preço real ou próximo da realidade pode trazer problemas para as barracas com pratos mais caros. Caso haja dúvidas, podemos prestar toda assessoria para este evento.

Com isso o Festival do Camarão torna-se um evento profissional, que acabará se transformando em referência na região do Litoral Norte e com certeza na Região Administrativa do Vale do Paraíba e não como tem ocorrido nos últimos anos, uma festa de cerveja, coca-cola, espetinho e Camarão à Paulista. Precisamos profissionalizar o Turismo e seus respectivos eventos, capacitando o nosso pessoal e preparando-o para o atendimento aos turistas e o conseqüente benefício do lucro.