O CONTRA & VERSO abordou em junho do ano passado a situação caótica nas travessas da Avenida Geraldo Nogueira da Silva, quando diversos carros abandonados se amontoam, alguns com pequenos problemas e outros completamente enferrujados e queimados. Na época apuramos que os veículos ali deixados são oriundos de Ferro Velho, de Mecânicas e até lojas de carro, na maioria das vezes por falta de espaço nos estabelecimentos dos respectivos comerciantes e segundo apuramos com nossas fontes atualmente o número de automóveis chega a triplicar. Pelo estado e o mato ao redor observa-se que o período de estacionamento é bem longo. Esta situação implica na atuação de três Secretarias; Trânsito, Serviços Públicos e Saúde.

O primeiro devido ao estacionamento irregular, o segundo pela falta de limpeza no local e o terceiro por causa da água parada que pode ocasionar doenças nos moradores ao redor. De acordo com o Secretário de Trânsito na época, o Vice-Prefeito Campos Júnior, faltava apenas a realização de uma licitação para a escolha de um local para a guarda dos veículos e posteriormente a identificação dos proprietários pelo número do chassis, que resultaria em multa pelo abandono e pagamento de taxa pelo estacionamento ou então o leilão no caso de não encontrar o dono. Passados oito meses a Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Caraguatatuba informa que o Executivo está em fase de elaboração do termo de referência para a abertura de licitação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *