A coluna Blogueando de hoje é especial e trata um assunto comentado por poucos nos bastidores do poder na forma de Crônica. Qualquer semelhança com algo que você saiba é mera coincidência……….Risos!!!!

 

 

 

Fuzuê 1

Reza a lenda que na terra do Fuzuê, uma pequena localidade a beira mar, uma jovem senhora cuidava dos filhos, do marido e do povoado também.

 

Fuzuê 2

Esta jovem senhora vinha de bom berço, educada para cuidar da família e os cuidados com o povoado eram uma novidade para ela, que tentava com muito esmero, ser a melhor possível.

 

Fuzuê 3

Ao mesmo tempo seu marido, um escorregadio pulador de cerca que gostava muito de peixe, principalmente se for um Bagre, encantava-se com o povoado que ganhou para cuidar e encantava-se com as belas moradoras do local.

 

Fuzuê 4

E entre um pulo e um gracejo interessou-se por uma bela flor de pés lindos, bem cuidados e que cuidava dos pés dos outros e entre um olhar e um elogio o desejo floresceu.

 

Fuzuê 5

Tudo ia bem. A flor que cuida de pés e os tinha lindos e bem cuidados havia deixado o jovem da flecha curva e agora dedicava-se ao escorregadio pulador de cerca que dominava o povoado, até que o pior aconteceu.

 

Fuzuê 6

A jovem senhora descobriu a traição do liso com a moça dos pés asseados e decidiu tomar satisfação. Não esperem um final feliz!!!

 

Fuzuê 7

Decidida e cheia de ira a jovem senhora adentrou a casa dos pés cuidados onde a flor dos pés lindos trabalha e não pensou duas vezes. Entre socos e pontapés, beliscões, tapas e puxões de cabelo, deixou a moça que agora só tinha os pés lindos ao chão, desmontada, arrasada e completamente moída.

 

Fuzuê 8

Vingada, com a moral elevada e tendo descarregado toda a raiva contida a jovem senhora continuou com a sua vidinha, cuidando dos filhos, do companheiro ensebado pulador de cerca e do povoado.

 

Fuzuê 9

A moça que cuida dos pés alheios e os tem lindos e bem cuidados restabelecia-se dos ferimentos físicos e morais e pelo visto não se engraçou mais com algum pulador de cerca. Deve estar procurando outro figurão que aprecie seus dotes de bem cuidar dos pés.

 

Fuzuê 10

Já o jovem engraxado adorador de Bagre, pulador de cerca e cuidador do povoado continua com suas tarefas, mas não pense que ele irá deixar de pular cercas. É tudo uma questão de tempo até que outra flor tenha simpatia e chame a sua atenção e que a jovem senhora descubra e tome as devidas providências. É vida que segue!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *